Na prática tradicional de gestão de negócios, o dono da empresa está sempre presente, mantendo o controle de todos os processos e orientando sua equipe para que consigam os melhores resultados. Porém, nem toda forma de organização permite que o gestor esteja presente o tempo inteiro.

Falar com fornecedores, buscar clientes e resolver questões burocráticas pode tomar todo o tempo que seria destinado a cuidar do local de trabalho. Para resolver esse problema, muitos empresários se voltam para meios de administração remota, tocando seus negócios a distância.

+ LEIA TAMBÉM: OS 8 SEGREDOS DE UMA EQUIPE ENGAJADA

Muitos gestores temem se afastar fisicamente da empresa, pois não acreditam que seus colaboradores terão a mesma eficácia sem uma figura de liderança no comando ou se trabalharem no modelo home office. Contudo, já existem meios de tornar essa prática mais fácil e eficiente.

Para ajudar você a implementar uma administração remota, trouxemos 4 dicas imperdíveis. Confira!

Acompanhe todos os dados sobre seu negócio

Quando alguém opta pela gestão a distância, pode acabar se esquecendo de efetivamente gerir seu negócio como um todo. Mesmo de longe, o chefe ainda precisa ser o melhor funcionário, colocando em prática diversos hábitos para ser um empreendedor bem-sucedido.

Por exemplo, é necessário acompanhar os valores que passam pela empresa, o fluxo de caixa, se algum funcionário está com desempenho abaixo do esperado, entre outros indicadores importantes. Uma forma de fazer esse acompanhamento é utilizar um software de gestão. Com ele, é possível ter sempre à mão um controle preciso de todas as finanças da empresa.

Deixe bem claro que todos ainda estão trabalhando

Parte da gestão de negócios envolve gerir sua equipe para que ela apresente sempre um bom desempenho. Isso significa que cada colaborador deve ter um papel ativo dentro da empresa e conhecer seu lugar no processo.

Antes de se ausentar, pelo tempo que seja, mostre a todos o que precisará ser cumprido, por que e como terão que fazer as tarefas, além de informar qual é o resultado esperado até a sua volta. Diga também o motivo de não estar presente, pois assim todos saberão que você, como gestor, está tão envolvido quanto todos.

Tenha um assistente ou contato fisicamente presente

Mesmo que você tenha se planejado para não estar presente no ambiente de trabalho, ainda irá precisar de olhos, ouvidos e mãos na sua empresa. Para cumprir essa parte da gestão de negócios, é uma boa ideia manter contato com um assistente, alguém que esteja no local todos os dias e tenha conhecimento amplo sobre o processo e suas fases.

Caso algum imprevisto ocorra, essa pessoa pode tomar as rédeas da situação até que o próprio dono retorne.

Isso é ainda mais importante quando se lida com parceiros, pois é necessário ter alguém de confiança que não é necessariamente um empregado ou subordinado. Talvez seu “assistente” na verdade seja o chefe da empresa parceira, o que torna imprescindível sempre manter uma relação saudável em uma sociedade ou parceria empresarial.

Nunca se ausente por completo

Mesmo se seu meio de trabalho envolver passar pouco ou nenhum tempo em contato direto com sua equipe, faça um esforço para interagir com todos. Realizar sua gestão de negócios exclusivamente por e-mail não é muito produtivo.

Marque reuniões periódicas, ou ao menos uma videoconferência, com toda a equipe. Mesmo que não haja muito o que falar sobre os negócios, discutir ideias e falar sobre outros interesses ajuda a construir uma relação saudável dentro da empresa e lembrar a todos sobre seu trabalho.

Parceiro Sage

 

Deixe uma resposta