Se você já pensou em se tornar um empreendedor, você não está sozinho. Os proprietários de startups têm a oportunidade não só de serem seus próprios chefes, como também de trabalhar no setor de que realmente gostam e desenvolver o que pode ser um legado.

Embora o empreendedorismo claramente ofereça vantagens, é importante perceber que os empresários também enfrentam desafios e devem abrir mão de algumas coisas no caminho para o sucesso. Veja a seguir sete sacrifícios que você provavelmente enfrentará em sua jornada ao abrir uma nova empresa.

  1. Salário

Talvez você considere seu salário atual insatisfatório. Porém, se você pretende abrir mão de seu emprego em tempo integral para iniciar um novo negócio, espere uma queda significativa na sua receita nos primeiros anos.

Os empresários devem se preparar para uma margem de lucro baixa no início da empresa e ter em mente que muitos fundadores de startups acabam investindo o próprio dinheiro no negócio para conseguir desenvolvê-lo. Se você não está preparado para sacrificar seu salário por pelo menos alguns anos, o empreendedorismo talvez não seja a melhor opção para você.

  1. Estabilidade do trabalho

Ao iniciar uma pequena empresa, em geral, a estabilidade associada ao trabalho deixa de existir. Juntamente com a perda de um contracheque regular e benefícios de saúde, os fundadores de startups muitas vezes sacrificam a comodidade e a segurança associadas a uma jornada previsível de oito horas por dia, cinco dias por semana.

De fato, eles frequentemente encaram desafios inesperados, como obter financiamento de investidores ou lidar com novos concorrentes no setor. Se você não está preparado para sacrificar a segurança e a rotina do seu emprego, talvez uma carreira como empreendedor não seja a ideal.

  1. Familiares e amigos

Se você pretende abrir uma empresa, prepare-se para sacrificar parte do tempo que, normalmente, passaria com familiares e amigos. Embora muitas pessoas apoiem você ao anunciar seus planos de começar um negócio, há boas chances de que seus familiares se sintam frustrados se você sempre cancelar compromissos para lidar com emergências da empresa.

Com isso em mente, talvez seja interessante evitar abrir uma empresa durante períodos de grande tensão ou de ajustes na vida. Se você estiver se divorciando ou lidando com a morte recente de um familiar, talvez seja melhor começar a empresa no ano seguinte.

  1. Bem-estar

Todo mundo sabe que longas jornadas de trabalho são uma realidade no mundo das startups. Na verdade, um artigo recente sugere que empreendedores trabalham em média 60 horas por semana, além do tempo que dedicam pensando na empresa e se preocupando com ela.

Embora essas longas jornadas de trabalho sejam cruciais quando uma empresa está começando, não raro a saúde e o bem-estar do proprietário são sacrificados devido às poucas horas de sono e à falta de assistência médica. Se você está pensando em abrir uma empresa, tente ingressar no plano de saúde de seu cônjuge ou economizar dinheiro para contratar um plano individual.

  1. Menos vida social

Muitos empresários sacrificam o precioso tempo livre para desenvolver suas empresas. Afinal de contas, se você não tem tempo para dormir ou cuidar da saúde, provavelmente, também não irá à academia, não assistirá à televisão nem encontrará amigos em bares.

Para aumentar as chances de sucesso da sua empresa, prepare-se para sacrificar seu tempo livre nos primeiros anos do negócio. O mundo das startups é competitivo, e os empreendedores precisam fazer horas extras para vencer a competição.

  1. Vida amorosa

Pensando em começar um negócio? Talvez seja melhor dar uma pausa na sua vida amorosa, pois estudos sugerem que os relacionamentos costumam ser sacrificados no mundo empresarial. Tanto novas empresas quanto novas relações consomem muito tempo até se consolidarem.

Além disso, parceiros novos talvez não estejam dispostos a acompanhar você durante períodos difíceis. Se não está preparado para sacrificar sua vida amorosa por algum tempo, talvez seja melhor adiar os planos de abrir seu próprio negócio.

  1. Controle

Você é o tipo de pessoa que gosta de controlar cada aspecto da sua vida? Como empresário, prepare-se para abrir mão do controle e conviver com o caos associado a abrir uma nova empresa. De fato, nem mesmo os profissionais mais dedicados são capazes de realizar tantas tarefas em um único dia. Consequentemente, empreendedores de sucesso devem delegar e confiar em seus funcionários e investidores para darem conta do trabalho.

Além disso, os proprietários devem tomar decisões e assumir riscos rapidamente sem se preocuparem muito com as consequências se desejam vencer no mundo cruel das startups. Se você não for capaz de abrir mão da sua necessidade de controlar cada aspecto do negócio, talvez sua nova empresa esteja condenada ao fracasso.

De longas jornadas de trabalho a poucas horas de sono, são inúmeros os sacrifícios associados a se tornar um pequeno empresário. No entanto, com muito trabalho e perseverança, há boas chances de que você venha a se orgulhar de sua pequena empresa no futuro.

Deixe uma resposta