Como se tornar um bom líder em um escritório contábil?

Concept of businessman choosing the right door

 
Assim como em qualquer empresa, os escritórios de contabilidade também podem encontrar dificuldades para formar uma equipe comprometida com o negócio. Mas você já parou para pensar que talvez o problema não esteja nos profissionais e, sim, na sua atuação à frente daquela equipe?
 

 
Afinal, é o gestor quem organiza a rotina, distribui funções, motiva o grupo e tem papel determinante para transformar o ambiente de trabalho em um lugar bom para se estar — ou, então, afugentar as pessoas. É isso que diferencia um bom líder de um mero chefe: ele está preocupado com o clima organizacional e, além de suas tarefas rotineiras, faz de tudo para formar e fortalecer vínculos com sua equipe.

Algumas pessoas já nascem com a característica natural da liderança, mas outras precisam trabalhar essa habilidade. A seguir, mostramos 5 atitudes que um bom líder costuma ter para alcançar o sucesso no trabalho.

Seja um empreendedor com visão

Você não precisa ser dono da empresa para desenvolver um espírito empreendedor: essa também é a característica imprescindível do gestor que está à frente de uma equipe. Isso porque a preocupação do verdadeiro líder vai além da rotina e das dificuldades do setor que coordena. Ele também está atento à direção para onde caminha a empresa e à realidade e aos desafios do mercado, usando isso a seu favor para entregar o melhor serviço ao cliente, inovar e superar a concorrência.

Não foque só no próprio setor que coordena ou na atividade que realiza. Isso o impede de realizar ações com foco na evolução concreta do negócio.

Seja parte da equipe

Por mais que esteja à frente de uma equipe, o líder não deve esquecer que também faz parte dela. Ele não está além, nem acima: está ali simplesmente, apenas com responsabilidades a mais. Por isso, não se coloque em uma posição superior, não intimide a equipe e não esteja sempre indisponível ou distante.
 

 
Em vez disso, jogue junto, integre o time, seja parceiro, faça com que todos trabalhem como em uma engrenagem e, se for preciso, coloque a mão na massa. Equipe motivada é equipe focada no trabalho e parceira do chefe.

Esteja atento ao perfil de cada um na equipe

Cada pessoa é única e tem habilidades peculiares que a fazem se destacar dos demais. O bom líder não apenas sabe identificar isso como ajuda o colaborador a desenvolvê-las, enquadrando-o nas funções mais adequadas para o seu perfil.

Assim, sempre divida as tarefas com organização e leve em consideração o perfil e a habilidade de cada colaborador.

Trabalhe a resiliência

Os problemas, dificuldades e contratempos sempre vão fazer parte da rotina profissional em qualquer ambiente. O que diferencia um líder de um simples chefe, porém, é a forma como lida com eles: ele encara a crise de frente, promove a união da equipe, pede ajuda, negocia de forma eficaz e supera o obstáculo de maneira natural e tranquila, sem perder a razão ou ser levado pelo estresse.

Saiba ouvir

A equipe sempre tem algo a dizer: dar uma sugestão que ajuda a melhorar a rotina, reclamar de algo que incomoda, elogiar uma atitude que deu certo. E é importante que o líder incentive e esteja aberto a isso, inspirando confiança e os deixando à vontade para expor seus pontos de vista.

Afinal, ninguém melhor que as pessoas que colocam a mão na massa para saber o que deve melhorar naquela rotina. Além disso, procure colocar em prática as boas sugestões que chegarem até você.

Mesmo precisando trabalhar essas habilidades em si, saiba que o líder, acima de tudo, é humano e igual a qualquer outro. Passe essa imagem à sua equipe. As pessoas não gostam de ser tratadas de forma mecânica ou como se fossem só mais um. Um bom líder deve inspirar o engajamento da equipe, criar confiança e desenvolver um time realmente comprometido.

Matéria: SAGE BLOG – PARCEIRO JORNAL CONTÁBIL