Contadores precisam ficar atentos para o cancelamento do emissor gratuito de NF-e

Solução é usar um sistema simples e eficiente para a gestão dos documentos fiscais com benefícios para os escritórios contábeis em seus clientes.

A partir de janeiro de 2017, a Secretaria da Fazenda de São Paulo (SEFAZ SP) vai suspender o download dos emissores gratuitos Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e). Por conta desse cancelamento, os contadores, que muitas vezes se responsabilizam pela gestão destes documentos fiscais eletrônicos de seus clientes, precisam ficar atentos para a necessidade de uma alternativa para este procedimento. Uma opção simples e eficiente é o sistema online myrp [1], que ainda traz vantagens para os contadores. A ferramenta foi desenvolvida com a tecnologia Cloud Computing e, por isso, pode ser acessada pela internet, no momento e no lugar que for mais conveniente para seus usuários.

Conforme dados da SEFAZ SP, cerca de 92% das notas fiscais eletrônicas são geradas por emissores próprios. Para aqueles usuários que ainda usam o emissor gratuito, a SEFAZ recomenda a migração para outras alternativas. Para os contadores, o sistema online traz diversas vantagens, como o acesso direto às informações fiscais de seus clientes. “A ferramenta online permite que o contador verifique e acompanhe diversos processos, como a emissão de notas, a validação e parametrização fiscal e o contador não precisa esperar que o cliente envie toda a documentação por e-mail ou mesmo que vá pessoalmente até o escritório para levar os arquivos”, explica a contadora e consultora de negócios do myrp, Karine Gresser. Com o myrp, os contadores também não precisam mais se preocupar com a guarda legal dos documentos de seus clientes, já que o sistema faz isso pelo tempo exigido pela legislação.
 

 
Outra vantagem é que o contador não tem mais que fazer a consulta com a SEFAZ para a validação dos arquivos, pois essa função também ocorre de forma automática na ferramenta. A pré-validação automática antes de mandar os dados para a Secretaria da Fazenda garante a integridade das informações e já deixa toda a documentação pronta para ser encaminhada para o SPED Fiscal. “Isso ajuda a evitar atrasos na entrega de dados, multas e notificações por erro nas informações enviadas ao FISCO, o que podem até gerar perdas financeiras para os clientes do escritório”, diz a consultora de negócios do myrp.

SOBRE O MYRP:

O myrp é um Sistema de Gestão Empresarial Web que possibilita o gerenciamento de uma pequena empresa pela internet de forma 100% segura. A solução atende obrigatoriedades fiscais como a Nota Fiscal eletrônica (NF-e) e tem um módulo específico para o Varejo, para emissão da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFC-e).

CONHEÇA O MYRP EM:
www.myrp.com.br