A escolha do curso ideal é um desafio enfrentado ano a ano por quem ingressa no ensino superior. Dúvidas sobre a escolha da área de atuação, perfil profissional e as condições do mercado de trabalho surgem naturalmente. Para desmistificar este tema e ajudar aos futuros universitários nesta etapa, o NOVO lançou em parceria com a UNI-RN a série “NOVO Carreiras”.

Durante quatro semanas, professores e ex-alunos da instituição participaram de entrevistas ao vivo, apresentando as áreas do conhecimento, curiosidades sobre alguns dos cursos mais procurados e anteciparam o que os estudantes vão encontrar na universidade e nas carreiras profissionais a que se lançam.

De acordo com a psicóloga Geórgia Martins, coordenadora da Pós-Graduação em análise comportamental da UNI-RN, é importante que o estudante tente encontrar um curso que se encaixe no seu perfil. “Pessoas muito tímidas eu recomendo que faça cursos na área de TI, de computador, que trabalha mais isolado. Pessoas muito comunicativas, a gente tem vários cursos. Pessoas que gostam de lidar com outras, a gente tem a área da saúde, que atende muito bem a essa demanda”, elenca Martins.

Mas se você ainda está na dúvida e não assistiu aos vídeos, compilamos aqui as principais características de alguns dos cursos mais procurados pelos estudantes na UNI-RN para que possa fazer a melhor escolha na hora de definir a sua carreira.

Ciências Contábeis
Em constante atualização e com mercado de trabalho crescente,o curso de Ciências Contábeis é uma opção muito procurada por estudantes. De acordo com a professora Thereza Angélica Santos, o atrativo é a abrangência da formação e o poder de tomada de decisão dentro do âmbito profissional.

“O curso de Ciências Contábeis é sempre muito procurado pelo estudante. Primeiro porque o foco do curso é a questão da empresa, de você estudar a empresa como um todo: a situação patrimonial, a situação financeira, a situação econômica e, mais ainda, para tomada de decisão. O aluno quando busca o curso de contabilidade, de ciências contábeis, ele tem esse foco, ele vai querer controlar o patrimônio da empresa”, explica a professora.

Segundo Thereza Angélica Santos, a formação do profissional de contabilidade é dinâmica, uma vez que a atuação profissional está sujeita a alterações na legislação, por isso o estudante que escolher a área deve estar preparado para continuar estudando mesmo após concluir o curso.

Quanto ao perfil profissional, Thereza Angélica alerta que o curso vai muito além de pura matemática. O estudante que escolher o curso deve estar preparado para estudar outras disciplinas, como psicologia, sociologia, ética e administração.

“Muitas vezes o aluno chega achando que o curso de contabilidade é pura matemática. Só cálculo. A gente utiliza dos números, mas não necessariamente é só matemática. O curso de contabilidade também tem muita teoria. Mas a gente utiliza os números para mostrar a realidade financeira da empresa para a tomada de decisão”, observa.

Em relação à atuação profissional, uma das opções do estudante de Ciências Contábeis é o empreendimento individual. No entanto, de acordo com Ana Moura, ex-aluna da UNI e atualmente representante do Sindicato das Empresas de Contabilidade, abrir um escritório próprio é apenas uma das opções. “É um dos leques que você tem para seguir, ser empresário contábil, se você já tem veia de empresário e gosta de empreender”, ressalta.

Porém, as opções para o mercado de trabalho não se esgotam no empreendedorismo. De acordo com Angélica, as opções são diversas. “Mercado sempre tem. O curso de contabilidade tem um diferencial em relação a outros cursos porque toda empresa precisa ter um contador. E isso é um diferencial”, avalia.

Matéria completa em: http://www.novojornal.jor.br/

Comente

Comentários

Deixe uma resposta