Exercendo atividade de fluxo de caixa no escritório contábil

Manter o fluxo de caixa em dia é essencial para a gestão financeira do seu escritório contábil. Ao controlar as entradas e saídas da conta, é possível saber onde estão os maiores gastos da empresa, conhecer as áreas que dão mais lucro e saber qual é o melhor momento para realizar investimentos, como contratação de novos funcionários ou expansão do espaço físico. Continue lendo e veja como trabalhar o fluxo de caixa no escritório contábil:

Defina um período para seu fluxo de caixa e preveja entradas e saídas

O fluxo de caixa é essencial para a realização da análise financeira do escritório contábil. Ele deve projetar as saídas e entradas de recursos financeiros da empresa em um determinado período — no caso de escritórios contábeis, o ideal é trabalhar com um ano.

Com o período definido, veja o saldo que tem em caixa e especifique os recebimentos e pagamentos que deverão acontecer no período para poder se planejar.

Controle o fluxo de caixa no escritório contábil

Fazer o controle de caixa é essencial para usar a ferramenta a favor do seu escritório contábil. Para isso, elabore orçamentos e defina um limite de gastos para cada área da empresa. Faça uma previsão de desembolsos e analise os departamentos que têm os maiores gastos e, ainda, as áreas que são mais rentáveis para seu escritório contábil.

Negocie as melhores datas de pagamento

Para manter o fluxo de caixa do escritório contábil em dia, é importante analisar quando acontecem as entradas e saídas da empresa e negociar com clientes e fornecedores as melhores datas de pagamento. Afinal, é preciso ter dinheiro em caixa para pagar os desembolsos, principalmente aqueles que são mais altos.

Cobre clientes inadimplentes

Trabalhar o fluxo de caixa passa também por comparar as entradas que foram previstas e aquelas que foram realmente efetuadas. Se um pagamento que deveria ter entrado não foi localizado, é importante agir e começar a cobrar os clientes inadimplentes para não ter problemas com o capital de giro do escritório.

Renegocie honorários

A regra de ouro das finanças saudáveis é sempre ganhar mais do que gasta. Se as saídas estão superando as entradas, considere renegociar os honorários que você cobra dos seus clientes caso os valores estejam defasados em relação ao que é praticado no mercado. Além disso, partir para o corte de custos pode ser uma medida importante para equilibrar as finanças do seu escritório, mas garanta que esses cortes não afetem a qualidade do serviço prestado.

Ter um fluxo de caixa controlado e equilibrado é um passo importante para manter sua empresa em franco crescimento. Considere a ferramenta como uma estrutura flexível e mutável: as entradas e saídas devem ser inseridas com rigor e é preciso que elas acompanhem a realidade do escritório contábil.

Matéria: SAGE Blog

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.