SONY DSC

Durante evento para lançamento do cronograma de saques de contas inativas do FGTS, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, destacou umas das atuais intenções do governo federal: reduzir de forma gradual as multas pagas pelas empresas que têm como referência o fundo de garantia.

Nas palavras do ministro, “Isso vai melhorar a eficiência da economia, vai reduzir o custo do empresário”.

O ministro também informou que as famílias que estiverem com dificuldades para pagar prestação de financiamento poderão sacar até o equivalente a 12 prestações do FGTS, e não somente três como era anteriormente.

Com informações da Agência Câmara.

Avalie a Matéria

Comente

Comentários

Deixe uma Dúvida