Livros de Empreendedorismo para Contadores

Se deseja ajudar os clientes e o promover o sucesso do próprio escritório onde trabalha, você precisa conferir essa lista.

 

Contadores que trabalham todos os dias para crescer e melhorar seu negócio precisam reservar tempo para o desenvolvimento pessoal e profissional, o que inclui investimentos na própria capacitação para enfrentar os desafios que ainda estão por vir. E isso inclui uma atividades que demanda tempo e vontade: ler.

É certo que muitas empresas já passaram pelos mesmos problemas que seu escritório enfrenta hoje e algumas soluções podem ser encontradas em livros de empreendedorismo escritos por quem já passou, ou testemunhou os mesmos obstáculos, frustrações, problemas e ainda assim reuniu conhecimento o suficiente para dizer a você o que fazer. Ou o que não fazer.

Começar um negócio do zero ou dar continuidade a uma empresa estabelecida é um ato de coragem que requer preparo e determinação do contador. Muitas vezes você pode sentir que a pressão é muito grande e ficar desmotivado para seguir adiante. A boa notícia é que isso é absolutamente normal. O empreendedor, no entanto, só pode ficar triste um dia. Depois ele precisa voltar ao trabalho e dar o seu melhor.

Pensando em todos esses desafios que contadores e seus clientes enfrentam todos os dias, separei uma lista de leitura pessoal, que me ajudou em diferentes etapas da minha carreira como contador, empresário e evangelizador, dentro do empreendedorismo.

Se você procura neste momento uma fonte para se abastecer de informações e dicas antes de começar ou mesmo recomeçar um negócio a minha primeira dica é “A Arte do Começo”, de Guy Kawasaki, publicado pela editora Best Seller. Nesta obra, o autor, um ex-funcionário da Apple, indica pontos essenciais para começar ou até mesmo revitalizar uma empresa, focando na mudança do pensamento padrão e incentivando a criatividade de donos e colaboradores. Estamos falando de uma obra altamente recomendada para quem pretende iniciar o próprio escritório contábil de forma inovadora ou deseja atualizar seus conceitos.

Ainda sobre começos e recomeços, “Tudo é Óbvio – desde que você saiba a resposta”, de Duncan J. Watts e publicado pela editora Paz e Terra fala sobre O senso de adivinhação que cerca as situações conhecidas levam sempre ao mesmo tipo de raciocínio. Quando uma empresa faz sucesso, é fácil elencar os motivos. O mesmo acontece quando ela quebra, não é mesmo? Aqui o autor questiona como os instintos funcionam e estimula o leitor a fugir da mesmice, mostrando que chegar a uma nova solução para um desafio antigo pode ser mais simples do que se pensa. Esse tema pode ser bastante benéfico ao repensar como lidar com clientes difíceis ou enfrentar a correria do IRPF.

Para quem procura literatura para lidar com a vida prática de seu negócio uma boa pedida é “Empreendedorismo na Prática – Mitos e verdades do empreendedor de sucesso” de José Carlos Assis Dornelas, publicado pela editora Elsevier. Imagine que você está avaliando a segmentação de mercado como uma estratégia para se diferenciar da concorrência. Como empreendedor, logo pensa “será que inovar assim é o caminho certo para o sucesso?”. O autor deste livro garante que não existe rota única para o empreendedor obter sucesso, e, por meio de histórias reais e dicas dos profissionais que chegaram lá, ele ajuda a avaliar as decisões que você vai tomar daqui para frente. O diferencial deste livro é que traz informações de aplicação imediata, além de testes e um jogo para desenvolver suas competências empreendedoras.

Em “A Startup de $ 100 – Abra o negócio dos seus sonhos e reinvente sua forma de ganhar a vida” de Chris Guillebeau, editado pela Saraiva, são analisados significado e propósito a serviço de uma vida mais feliz. Parece a receita dos sonhos, certo? Foi assim que o autor identificou mais de 1.500 pessoas que começaram um negócio com quase nada de recursos e hoje geram lucro. São histórias de pessoas que precisaram fazer muito com pouco – isso soa familiar para o contador? Então, aproveite as aventuras de quem já percorreu caminhos difíceis e encurte seu caminho!

Para quem está focado em mais repertório técnico de contabilidade, recomendo “Marketing Contábil – Estratégias de marketing para empresas de contabilidade”, do grande especialista em contabilidade, Anderson Hernandes. Sua obra, também disponível na versão e-book traz um conteúdo muito prático e totalmente focado no setor contábil.

O Livro de Hernandes traz informações sobre como o empreendedor contábil pode fazer a melhor divulgação do escritório, incluindo dicas de marketing digital e negociação. Palestrante consagrado, ele explica em detalhes como executar rotinas de marketing para que a divulgação dos serviços seja parte do seu trabalho, sem consumir todo seu tempo, com o melhor retorno.

“Big Brother Fiscal 4 – Manual de sobrevivência no mundo pós-Sped” de outro mestre em contabilidade, Roberto Dias Duarte, também disponível na versão e-book, indica que o contador e o micro e pequeno empresário, ambos empreendedores, precisam buscar o entendimento para que ambas as empresas prosperem. Com tantas normas tributárias e fiscais, muitas vezes seu cliente fica perdido. Este conteúdo vem para ajudá-lo a traduzir assuntos complexos e criar essa ponte de entendimento com seu cliente, ampliando as chances de sucesso dos dois.

Se a sua necessidade é lidar com o estresse no trabalho, “Inteligência Emocional” de Daniel Goleman, publicado pela editora Objetiva, vai te mostrar que a inteligência emocional nada mais é que a capacidade de controlar os impulsos e ter autoconsciência, persistência, empatia e habilidade social. Goleman afirma que as pessoas também se comunicam de formas não verbais e podem se “contaminar” em um mesmo ambiente. Por isso, você como dono do escritório contábil precisa desenvolver sua inteligência emocional e manter o bom ânimo para não permitir que o estresse se instale. “É importante se concentrar no positivo mesmo que tudo em volta pareça negativo. Os liderados precisam estar em estado positivo, senão eles se fecham”, declarou o autor, em reportagem do portal UOL.

Um clássico publicado no Brasil pela editora Objetiva, “O Poder do Hábito”, escrito pelo repórter do New York Times, Charles Duhigg, conta a história de uma mulher que parou de fumar, correu uma maratona e ainda foi promovida no trabalho. Por isso Duhigg, foi entender como os hábitos funcionam. Ele mesmo foi transformado ao perceber que comia cookies todos os dias, mas, na verdade, aquela era uma pausa no trabalho que ele buscava para socializar. Ao entender isso, parou de se alimentar mal e agora no meio da tarde procura um colega para conversar por uns 10 minutos. Já imaginou quantos hábitos do contador e da sua equipe podem estar corroendo a produtividade? A velha maneira de fazer as coisas já pode ser substituída por novas tecnologias que ajudam os escritórios contábeis e as MPEs a terem mais sucesso. Pense nisso!

Matéria inspirada em: http://contaazul.com/contabilidade/blog/livros-empreendedorismo-contador-ler/

Postagem:
retrato de Marcelo dos Santos, colunista ContaAzul

Formado em Ciência Contábeis, Marcelo dos Santos tem MBA em Administração Global pela Universidade Independente de Lisboa e MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Ganhou diversos prêmios como o Marketing Company on Technology Marketing e Grandes Sacadas de Marketing. Atualmente, é Sócio do ContaAzul & Head do ContaAzul para Contadores.