Mais da metade dos pedidos de recuperação judicial vem de Micro e pequenas empresas

Mais da metade dos requerimentos de recuperação acumulados no ano envolvem empresas de menor porte

As micro e pequenas empresas lideraram o número de requerimentos de recuperação judicial de janeiro a outubro deste ano, com 990 ocorrências. De acordo com o Indicador Serasa Experian, foram 517 no mesmo período em 2015.

No total, foram registrados 1.600 no acumulado do ano, um aumento de 57,6% comparado a 2015, que contabilizou 1.015 pedidos. Em outubro de 2016 houve recuo de 50,4% em relação a setembro, com as ocorrências passando de 244 para 121.

Já o número de recuperações judiciais deferidas caiu de 176 para 106, de setembro para outubro.

O número de falências requeridas cresceu 4,7% no acumulado de janeiro a outubro, em relação ao mesmo período de 2015 – houve aumento de 1.483 para 1.553 pedidos.

As micro e pequenas empresas também lideraram o número de requerimentos (822). O total de pedidos teve queda de 20,4% de setembro para outubro e recuou 5,7% em comparação a outubro de 2015.

No acumulado do ano, o número de falências decretadas diminuiu 16% e passou de 713 registradas em 2015 para 599 em 2016. Em outubro deste ano, foram 53 ocorrências, um decréscimo de 17,2% em relação a setembro (64).

Fonte: Diário do Comércio

Deixe uma resposta