A Receita Federal elencou alguns dos erros mais frequentes dos contribuintes na hora do preenchimento da Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF).

Confira a relação:

a) Omissão de rendimentos do titular, em especial de uma segunda fonte, tais como honorários, alugueis e palestras.

b) Omissão de rendimentos de dependente.

c) Informação de valor de imposto de renda retido na fonte maior do que o que consta na declaração do empregador.

d) Dependentes que não preenchem as condições, em especial por contarem de outra declaração ou terem apresentado declaração em seu nome.

e) Despesas médicas não realizadas, de titular e de dependentes e ainda de não dependentes relativas a consultas, Planos de Saúde e Clínicas.

f) Contribuições de empregadas domésticas não realizadas.

A Receita Federal ressalta que: “tais erros nem sempre significam má fé e que o contribuinte pode verificar a pendência no extrato do IRPF no sítio da Receita Federal na Internet, antes mesmo de ser intimado pelo órgão, e corrigir eventual engano na declaração para cumprir corretamente sua obrigação.”

Com informações da Receita Federal.

Comente

Comentários

Deixe uma resposta