Se você deseja ser um contador no futuro você precisa seguir estas tendências

 
A contabilidade está se adaptando constantemente para oferecer formas mais eficientes e seguras de gerar informações. Seu papel cresceu e a antiga visão de um trabalho meramente burocrático transformou-se para dar espaço a uma peça-chave na gestão de uma empresa. Mas como se destacar em um mercado em que a concorrência é acirrada e, muitas vezes, o próprio cliente não compreende a importância do profissional da área? Bom, para tornar-se um contador do futuro, é preciso ficar atento a algumas práticas que hoje são essenciais no crescimento do negócio.
 

 
Acompanhar a evolução do segmento é fundamental para oferecer soluções diferenciadas e com a qualidade esperada. Para ajudá-lo nesse desafio, selecionamos 3 aspectos que farão toda a diferença para a empresa.

O que você deve fazer para ser um contador do futuro

1) Ofereça um atendimento UAU! ao cliente

Atender bem o cliente não significa bajulá-lo ou enchê-lo de brindes, mas manter uma equipe educada e bem preparada para atendê-lo de forma satisfatória em qualquer situação, fazendo-o dizer “UAU!”. Ofereça um suporte completo, auxiliando, no início de cada ano, a fazer a estimativa do orçamento e dos tributos a serem pagos e a projetar o fluxo de caixa. Além disso, é preciso ensinar as pessoas que você atende a interpretarem os relatórios contábeis e saberem como utilizar esses dados para melhorar a gestão da empresa. Ao fazer isso, os clientes sentem-se mais valorizados e a fidelização é certa.

Outra ponto a ser considerado é a segmentação do público-alvo, de modo que sua empresa seja especializada em determinado tipo de negócio ou área. Assim, pode-se escolher, por exemplo, trabalhar com importação ou exportação e empreendimentos de pequeno ou grande porte. Da mesma maneira, também é possível definir se os clientes devem ser do ramo da moda, da tecnologia ou da saúde. Sendo um especialista, você deixa de prestar apenas um serviço para oferecer uma consultoria contábil-empresarial, agregando ainda mais valor ao que oferece.

Para aprimorar o atendimento, faça uma pesquisa de satisfação com sua base atual de clientes para identificar falhas e encontrar soluções para melhorá-las. Depois, classifique-os em uma escala com notas que especifiquem desde os mais rentáveis até os que não proporcionam um bom retorno. Com isso, é possível avaliar a possibilidade de oferecer outras soluções a estes últimos e, assim, fazê-los mais lucrativos.

Não se esqueça de ampliar os canais de atendimento. Ser omni channel — atuar em multicanais — é uma tendência importante e os escritórios precisam estar atentos a isso. Facilite o caminho entre as pessoas e a empresa, pois quando o acesso é complicado, elas desistem de contactá-la. Desta forma, não hesite em utilizar canais como redes sociais, telefone, e-mail, site e WhatsApp para realizar o atendimento.

2) Invista na modernização dos processos do escritório

O mercado já conta com inúmeras soluções que ajudam na otimização do tempo de realização das atividades, tornando os processos mais fáceis e o serviço mais seguro. Por isso, não perca tempo e faça da tecnologia sua aliada, aumentando a produtividade da equipe. O primeiro passo nessa direção é adotar uma mentalidade empreendedora, ou seja, que realmente esteja preocupada em melhorar a eficiência do trabalho, aproveitando melhor os recursos disponíveis.
 

 
Automatizar processos com a adoção de sistemas especializados vai evitar gargalos e diminuir equívocos que possam acontecer no dia a dia. Um exemplo dessas dificuldades encontradas no trabalho é falta de integração com o sistema dos clientes, resultando no aumento dos custos, uma vez que mais energia é direcionada para a coleta e digitação dos dados. Com isso, fica fácil perceber a importância de se adaptar à nova realidade digital.

Um bom motivo para fazer isso é o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), segundo o qual tornou-se obrigatório que o registro de documentos, a manutenção de arquivos e o envio de dados sejam realizados no formato digital. Então, aprenda a gerenciar os documentos eletronicamente, para se adaptar à regra e facilitar seu serviço. Essa medida também ajuda a manter os arquivos dos clientes sempre acessíveis, a reduzir o uso de espaço físico para arquivamento e a enviar documentos com agilidade e facilidade.

O ContaAzul, por exemplo, oferece várias funções essenciais para o trabalho dos contadores, como a integração contábil, um painel completo em que é possível visualizar toda sua carteira de clientes e o recebimento das notas fiscais emitidas por eles.

3) Invista no marketing digital

Conforme comentamos anteriormente, é preciso educar as pessoas em relação ao que você oferece. Quando os processos realizados são bem compreendidos e a importância de contar com um profissional é entendida, seu escritório começa a ser visto como uma referência e a ganhar a confiança de mais gente. É esse o objetivo do marketing digital. Essa estratégia apropriou-se dos canais online para levar conhecimento ao público-alvo, ou seja, aquelas pessoas que realmente precisam do seu serviço.

Ao oferecer conteúdo de qualidade em canais como sites, blogs, redes sociais e e-mails corporativos fica mais fácil chamar a atenção dessas pessoas, convencê-las a contratar seus serviços e fidelizá-las. Como consequência, aumentam as chances de a empresa conseguir uma das formas mais eficientes de divulgação: o marketing boca a boa. Isso mesmo! Quando ela é considerada uma autoridade, as pessoas não hesitam em indicá-la e, como resultado, seus negócios decolam!

Um bom prestador de serviços precisa valorizar as pessoas e acompanhar a evolução do mercado. Por isso, não perca tempo e invista no seu crescimento profissional para manter suas atividades com força total!

Matéria: ContaAzul – Parceiro Jornal Contábil