O conselho da Justiça Federal (CJF) autorizou o pagamento de atrasados do INSS para mais de 103 mil segurados, os valores podem chegar a R$ 62.700 e podem receber os aposentados, pensionistas ou beneficiários do auxílio-doença e outros benefícios oferecidos pelo instituto.

A estimativa é de que aproximadamente 400 mil pessoas já receberam seus devidos pagamentos.

O valor de pagamentos a ser realizado deve chegar a mais de R$ 1 bilhão. O saldo é dividido entre os Tributais Regionais Federais (TRFs), de acordo com a região dos beneficiários. Veja a seguir o número de beneficiários e também o valor a ser liberado para cada uma:

  • 1ª Região: 22.060 beneficiários – R$ 454 milhões
  • 2ª Região: 9.343 beneficiários – R$ 176 milhões
  • 3ª Região: 14.462 beneficiários – R$ 383 milhões
  • 4ª Região: 32.073 beneficiários – R$ 466 milhões
  • 5ª Região: 25.617 beneficiários – R$ 311 milhões

É importante falar que cada TRF define seu próprio cronograma de pagamentos para sua região. O saldo é liberado em conta e posteriormente liberado para saque.

INSS

Quem tem direito aos atrasados do INSS?

Tem direito aos atrasados do INSS todo o segurado da autarquia que solicitar a revisão de benefício do INSS e ganhar a ação na justiça. O valor pago é referente ao período de espera.

Logo, o cálculo é baseado considerando um prazo de cinco anos anteriores ao pedido e ao período até sua correção.

Sendo assim, o cálculo é feito considerando um prazo de cinco anos anteriores ao pedido e o período até a correção.

Para quem quiser solicitar a revisão, deverá solicitar no órgão e logo em seguida ingressar com o pedido na Justiça.