Ser contador exige disciplina, atenção, perseverança, dedicação e criatividade. Estas características levaram alguns contadores de formação a se destacarem também em outras atividades.

Deu a louca na Ensino Contábil, cursos de 80 a 110 reais (Saiba Mais)

Por isso decidimos listar aqui 13 fatos sobre o profissional contábil e a contabilidade que marcaram a história e que para algumas pessoas ainda é desconhecido.

Veja alguns fatos sobre a profissão para você compartilhar:

Quem inventou o chiclete?

Contadores normalmente ajudam as pessoas a sair de situações difíceis de engolir… Walter Diemer, um contador norte americano, acertou na receita em 1928 e criou o famoso chiclete rosa.

Ele aperfeiçoou a receita de seu chefe, dono da empresa Fleer, onde ele trabalhava na época, e teve de usar o único corante disponível para dar cor à pasta de goma. Walter continuou como contador na empresa por décadas, e junto com seu chefe, fez muito dinheiro com sua invenção.

Ele pode nunca estar satisfeito…

Mas Mick Jagger, da banda Rolling Stones, com certeza sabe como interpretar um relatório fiscal. E o que ele tem em comum com Robert Plant e Kenny G? Estes três astros do rock fizeram muitos lançamentos contábeis antes de lançar a carreira musical. Todos passaram por graduações em contabilidade.

O FBI emprega mais contadores do que você poderia imaginar

As investigações criminais não se limitam a balas, cenas de crime e suspeitos. Muitos dados precisam ser analisados pela equipe do Escritório Federal de Investigação americano para encontrar aqueles que fogem da lei. O órgão tem na equipe mais de 2000 contadores para dar conta de todo o trabalho. No mínimo surpreendente, não é?

Celebridade nacional

O contador brasileiro mais famoso, formado em Contabilidade pela Escola Técnica de Comércio Amaro Cavalcanti, Senhor Abravanel é mais conhecido como Silvio Santos, dono da rede de televisão SBT.

Utilizando-se dos conhecimentos adquiridos na área contábil, aliados ao tino empresarial, à persistência e ao carisma pessoal, Silvio Santos construiu um império da mídia brasileira e tornou-se um mito nacional de self made man, que em português quer dizer um homem que fez sucesso por seus próprios esforços.

Também podemos citar entre outros contadores famosos brasileiros os atores Tonico Pereira e Malvino Salvador e a atriz Zezé Motta.

O escritor…

John Grisham é autor de muitos best-sellers que se transformaram em filmes de Hollywood incluindo “A Firma”, “O Dossiê Pelicano”, “O Cliente” e “O Júri”. Grisham passou por três faculdades diferentes antes de se formar em Contabilidade. Inicialmente, sua intenção era usar a experiência em contabilidade para se tornar um advogado tributarista, nas decidiu estudar direito penal. Esta formação múltipla lhe deu uma grande bagagem para seus livros.

14 de Janeiro, 25 de Abril, 21 de Setembro: Afinal, qual o dia certo?

A verdade é que todas as datas estão corretas, ou seja, para cada um desses dias, uma comemoração diferente:

  • 14 de Janeiro: Dia do Empresário de Contabilidade;
  • 25 de Abril: Dia do Contabilista e do patrono da classe contábil, senador João Lyra;
  • 21 de Setembro: Dia de São Mateus, o santo padroeiro dos Contabilistas;
  • 22 de Setembro: Dia do Contador.

A Polêmica em relação a cor da pedra do anel do Contabilista

Muito se fala sobre qual seria a cor da pedra do anel do Contabilista. Uns acham que é azul, outros dizem que é rosa. Há, ainda, aqueles que querem acreditar que para o Técnico em Contabilidade, a pedra é rosa, e para o Contador, a pedra é azul. Tudo especulação. Na verdade, a pedra azul clara pertence aos economistas e a azul safira aos administradores. Aos Contabilistas, segundo a tradição, rubiliste é a do anel, que tem a cor rosada, influência muito grande exercida, durante séculos, pelo Direito sobre a Contabilidade. A pedra do advogado é vermelha, portanto, a do Contabilista deveria ter a mesma coloração. Em respeito à história, o Conselho Federal de Contabilidade adotou oficialmente o uso da pedra rosada para o anel de Contabilista.

3.000 a. C.?

O homem primitivo praticava uma contabilidade rudimentar ao contar os instrumentos de caça, pesca e seus rebanhos.

Primeiros livros contábeis?

Os papiros, colhidos nas margens do grande rio onde os escribas registravam os movimentos, eram os primeiros livros contábeis. No Egito, existia a obrigação de livros e documentos comerciais. Na Mesopotâmia já se adotava o Razão, demonstrações e sumários de fatos patrimoniais, orçamentos evoluídos de receita e despesa pública e cálculos de custos.

Romanos?

1.000 a.C. da Península Itálica vieram os romanos, nascia o maior e mais desenvolvido império da antiguidade, que se expandiu por toda Europa, norte da África e Oriente Médio, conquistando povos e nações, levando a paz romana e o que se pode chamar de sistema jurídico de contabilidade organizado.

Descobrimento do Brasil…

1.500 d.C. com o descobrimento do Brasil institui-se o governo geral e chegaram os provedores da fazenda que acumulavam esse cargo com o de contador (eram nossos primeiros colegas em solo brasileiro).

Novas escolas eram fundadas disseminando o ensino e desenvolvendo métodos. A mais antiga instituição profissional e cultural da ciência contábil que se tem notícia no Brasil é a Associação dos Guarda-Livros da Corte, fundada em 18 de abril de 1869 na cidade do Rio de Janeiro. A classe contábil se organizava.

Faculdade?

Em 1905 os diplomas da Academia do Comércio do Rio de Janeiro e do Escolha Prática de Comércio de São Paulo eram reconhecidos como oficiais. De lá para cá se observa umas histórias de lutas com a fundação de Associações Profissionais, Sindicatos e Institutos, e em todos esses organismos estava o fio condutor que levaria à criação dos Conselhos Federal e Regional de Contabilidade.

Profissão reconhecida?

Finalmente o Presidente Eurico Gaspar Dutra, através do Decreto Lei 9.295/46, reconhecia uma das profissões mais antigas do Brasil.

Devemos tudo isso ao Professor Francisco D’Áurea, Professor Hilário Franco e outros que, com seus trabalhos incansáveis, ajudaram a consolidar a profissão.

Contador, continue fazendo história com a sua profissão. Muita gente depende do seu trabalho e é extremamente agradecido pelos seus esforços. Compartilhe com seus amigos! Mostre para eles que a sua profissão marcou a história da civilização ao longo do tempo.

Via supersoft

Comente

Comentários

Deixe uma resposta