13º e 14º salário não será pago aos aposentados e pensionistas em 2020

0

O final do ano para os aposentados e pensionistas será mais magro em 2020, isso acontece devido a antecipação da primeira e segunda parcela do 13º salário no primeiro semestre do ano. Nos meses de abril e maio a primeira parcela do 13º salário foi liberada aos aposentados e pensionistas, já a segunda parcela foi paga entre os meses de maio e junho.

A antecipação neste ano ocorreu como uma medidas para reduzir o impacto da pandemia de covid-19 no país. Geralmente a primeira parcela é paga no mês de julho e a segunda parcela em dezembro.

INSS

14º salário

Ao longo do ano correram alguns projetos de lei que pretendiam pagar um 14ª salário aos aposentados e pensionistas do INSS justamente por que este grupo que é um dos grupos de risco da pandemia vão acabar o ano com uma renda menor que nos anos anteriores.

Como por exemplo o Projeto de Lei (PL) nº 3657, de 2020, que dispõe sobre a liberação de um abono salarial caracterizado como 14º salário direcionado aos segurados do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) contemplados por benefícios como:

  • Auxílio-doença
  • Auxílio-acidente
  • Aposentadoria
  • Pensão por morte
  • Auxílio-reclusão

Contudo este mesmo projeto, apesar de estar aguardando votação não há tempo suficiente para que o benefício possa ser aprovado e liberado para o segurado do INSS.

Logo, o certo é que os segurados realmente não contem com essa parcela, pois as chances de aprovação são bem baixas, principalmente porque uma votação para esse caso não seria rápida e com o fim do ano batendo a porta as chances de liberação são cada vez menores.