14° salário INSS conheça os motivos da proposta de pagamento aos beneficiários

0

O 14° salário INSS 2020 está sendo proposto pelo Projeto de Lei (PL) 3.657/2020, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS). O parlamentar solicita urgência na aprovação do benefício que deverá ser pago aos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O texto, apresentado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), obteve voto positivo de Paim, relator do PL no órgão.

A intenção do 14° salário partiu do advogado Sandro Gonçalves, de São Paulo, através da ideia legislativa n° 127.741, garantirá uma gratificação natalina emergencial, que deverá ser paga em dezembro de 2020.

Com mais de 60 mil assinaturas, a ideia foi encaminhada para a comissão da CDH (Direitos Humanos e Legislação Participativa).

Benefícios do 14º salário INSS

O Brasil conta com cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas, sendo que, 80% aproximadamente recebem um salário mínimo por mês, ou seja, R$ 1045, segundo o senador Paulo Paim.

“A pandemia está fazendo um enorme estrago na economia e na vida das pessoas menos favorecidas”, afirma o relator da proposta.

O senador também deixa claro, que os recursos liberados poderão auxiliar os aposentados, pertencentes ao grupo de risco, e também injetar recursos na economia.

“Dentre os municípios brasileiros, 64% dependem da renda dos beneficiários do INSS. O 14º salário vai representar algo em torno de R$ 42 bilhões em dinheiro novo no comércio local, nos municípios, gerando emprego e renda, gerando imposto, melhorando a qualidade de vida, movimentando a economia local e fortalecendo a vida de todos. Teremos mais empregos para colaborar com a retomada do crescimento do país”, Finlizou Paim.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil