14° salário não deverá ser aprovado 2020

0

14° salário é um dos assuntos mais comentados no momento, principalmente entre aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), até porque eles estão esperando receber este benefício.

O motivo do interesse nesse dinheiro extra está no fato do 13° salário ter sido antecipado por causa da pandemia do novo coronavírus.

14º salário do INSS

A história de um dinheiro extra em dezembro para os aposentados e pensionistas do INSS começou com o Projeto de Lei de n° 3657/2020 que prevê uma gratificação natalina a ser paga para os segurados em dezembro.

Como o 13° salário foi antecipado por causa da pandemia do novo coronavírus, essas pessoas ficarão sem qualquer beneficio adicional em dezembro. Sendo que, a parcela extra iria injetar recursos na economia, movimentado o comércio em janeiro de 2021.

O projeto também deixa a entender que o 14° salário será pago para quem recebe auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte e auxílio-reclusão. Sendo uma gratificação natalina em 2020.

A medida iria beneficiar os seguintes segurados:

  • Auxílio-doença
  • Auxílio-acidente
  • Aposentadoria
  • Pensão por morte
  • Auxílio-reclusão

14º salário não deve ser liberado

Por outro lado, existe a realidade, o Projeto de Lei que prevê a liberação do pagamento extra aos segurados já está concluído. Mas, entrar em vigor, é uma outra história. De acordo com especialistas da área, será difícil o pagamento extra ser liberado para este ano.

O melhor é os segurados não contarem com esse dinheiro agora, estamos no final do ano, as chances de aprovação são poucas, principalmente porque uma votação para esse caso não seria rápida.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil