O 14º salário do INSS está prestes a ser liberada. Para quem não sabe o Senado Federal vai votar a sugestão legislativa (SUG) depois que mais de 40 mil pessoas assinaram o texto pedindo a parcela extra. A proposta deve ser paga este ano para os aposentados e pensionistas do INSS.

14º salário do INSS pode ser liberado

A proposta do 14º salário foi apresentada pelo advogado Sandro Gonçalves de Ribeirão Preto, onde em seguida ela foi transformada em SUG, sendo que começou a tramitar na Comissão de Direitos Humanos (CDH), presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS). O parlamentar estuda ainda mudar a proposição para um projeto de lei (PL) para acelerar a tramitação.

INSS

De acordo com Sandro Gonçalves a necessidade de um 14º salário veio devido ao 13º salário ter sido antecipado, o que pode aumentar as chances dos segurados do INSS ficarem sem renda no final do ano.

De acordo com o senador Paim o texto demonstra clareza e ainda acrescentou que o atual quadro da aposentadoria no país é bem crítico, principalmente pelos idosos serem os mais vulneráveis à doença. Onde houve ainda um aumento nos gastos com medicamentos.

“A situação dos aposentados no país é muito grave. Esse auxílio pode ser um instrumento que impulsiona a própria economia. Além disso, melhoraria a dignidade dessas pessoas em um momento de tanto desespero que a gente passa”, disse o senador em entrevista ao Metrópoles.

Além disso, aproximadamente, 70% dos beneficiários da Previdência ganham um salário mínimo. No mês de abril, mais de 30 milhões de aposentados receberam de forma antecipada o 13° da aposentadoria do INSS.