22 benefícios que inscritos no CadÚnico tem direito

0

O Cadastro Único (CadÚnico) é uma ferramenta do governo que caracteriza as famílias de baixa renda do país, com essa ferramenta o governo consegue distinguir com mais facilidade a realidade socioeconômica dos brasileiros. No CadÚnico são registrados diversas informações, como:

  • Características da residência
  • Identificação de cada pessoa
  • Escolaridade
  • Situação de Trabalho
  • Situação de Renda
  • Entre utras

À partir dessas informações a União, estados e os municípios conseguem implementar políticas assistências, como por exemplo: Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e o Minha Casa Minha Vida.

Os cidadãos que desejam se inscrever no CadÚnico para ter a oportunidade de participar dos programas sociais devem seguir algumas exigências, entre elas as famílias que ganham até meio salário mínimo por pessoa, ou ainda até três salários mínimos de renda mensal da família.

Estar inscrito no Cadastro Único é fundamental, tendo em vista que os programas e benefícios sociais se utilizam da base de dados do mesmo para selecionar e beneficiar as famílias.

cadunico

Programas vinculados ao CadÚnico

Conheça 22 benefícios que são vinculados ao CadÚnico e utilizam sua base de dados para oferecer uma ajuda financeira e/ou a isenção no pagamento de serviços:

  1. Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda;
  2. Tarifa Social de Energia Elétrica;
  3. Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  4. Programa Minha Casa Minha Vida;
  5. Carteira do Idoso;
  6. Bolsa Família;
  7. Telefone Popular;
  8. Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos;
  9. Programas Cisternas;
  10. Água para Todos;
  11. Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental);
  12. Bolsa Estiagem;
  13. Fomento às Atividades Produtivas Rurais/ Assistência Técnica e Extensão Rural;
  14. Programa Nacional de Reforma Agrária;
  15. Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  16. Crédito Instalação;
  17. ENEM;
  18. Serviços Assistenciais;
  19. Programa Brasil Alfabetizado;
  20. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti);
  21. Identidade Jovem (ID Jovem);
  22. Carta Social.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Para se inscrever no Cadastro Único será necessário comprovar:

  • Ter uma renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50); ou
  • Ter uma renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); ou
  • Possuir renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.