2ª fase do dinheiro esquecido vai liberar R$ 4 bi, veja quem recebe

Milhares de pessoas físicas e jurídicas poderão ter acesso a valores esquecidos nessa segunda etapa

A segunda fase do programa de dinheiro “esquecido” em bancos irá disponibilizar cerca de R$ 4,1 bilhões para milhões de pessoas físicas e jurídicas de todo país.

Na nova fase, outras situações diferentes das quais os cidadãos “esqueceram” o dinheiro serão liberados, dessa forma, mesmo aqueles que já sacaram na primeira fase, ou não tiveram saldo a receber podem se beneficiar.

Início da 2ª fase de valores a receber

A segunda rodada de devolução do dinheiro esquecido em contas bancárias de pessoas físicas ou jurídicas estava prevista inicialmente para começar no dia 2 de maio.

Contudo, a greve dos servidores do Banco Central que durou três meses e se encerrou apenas no início de julho acabou atrasando o início da segunda fase.

Contudo, o Banco Central ainda não disponibilizou uma nova data de quando terá início a nova fase de resgate de valores esquecidos.

A expectativa é que no próximo mês o Sistema de Valores a Receber (SVR), que libera a consulta dos valores, já esteja disponível para os cidadãos.

Consulta aos valores e novas situações de saque

Conforme informado pelo Banco Central, novas situações que geraram o dinheiro esquecido em bancos será disponibilizada aos brasileiros, onde, cerca de R$ 4,1 bilhão estará liberado para resgate.

Dentre as novas situações de resgate teremos:

  • tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, previstas ou não em Termo de Compromisso com o BC;
  • contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível;
  • contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários encerradas com saldo disponível; e
  • outras situações que impliquem em valores a devolver reconhecidas pelas instituições.

Assim que o Banco Central disponibilizar a consulta, os brasileiros poderão verificar da seguinte forma:

  • Acesso ao site da seguinte forma valoresareceber.bcb.gov.br/publico/
  • Informe CPF e data de nascimento para consulta de contas de pessoa física, ou CNPJ e data de criação no caso de contas de empresas.
  • Clique em consultar, o sistema informará se você tem ou não dinheiro “esquecido” em alguma conta bancária
  • Caso não exista valor a ser resgatado, o sistema exibirá a mensagem: “Atualmente você não tem valores a receber”, e informará seu CPF e data de nascimento, destacando data para uma nova consulta.
  • Caso exista algum valor a ser devolvido, o sistema informará que a consulta foi “realizada com sucesso”, confirmará os seus dados e informará o quando você deverá retornar ao site do Valores a Receber para solicitar a retirada do saldo disponível.

Comentários estão fechados.