2º parcela do 13º salário do INSS: Tudo o que você precisa saber

0

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começou a realizar o pagamento antecipado da segunda parcela do 13º salário. O feito é uma das medidas anunciadas pelo governo para tentar reduzir os impactos do coronavírus no país.

 Os que recebem um salário mínimo são os primeiros beneficiários, os demais receberão a partir do dia 1º de junhoa data informada no cronograma do INSS leva em consideração o número final do benefício, isto é, aquele número que vem antes do hífen. Fácil identificar, não é?

 A primeira parcela referente ao 13º salário foi depositada entre os dias 24 de abril e 8 de maio.

Quanto vou receber?

Para saber quanto será o valor da segunda parcela do 13º, você pode consultar através de uma ligação para o número 135, de segunda à sábado, das 7h às 22h. Gratuita para telefone fixos e tem custo de uma ligação local caso seja feita por celular.

Ou através do aplicativo Meu INSS, caso não seja cadastrado é preciso acessar o site acesso.gov.br e se inscrever.

INSS

Quais as datas de pagamento?

Para quem ganha até um salário mínimo

  • Final 1: 25/5
  • Final 2: 26/5
  • Final 3: 27/5
  • Final 4: 28/5
  • Final 5: 29/5
  • Final 6: 1º/6
  • Final 7: 2/6
  • Final 8: 3/6
  • Final 9: 4/6
  • Final 0: 5/6

Para quem ganha acima de um salário mínimo (mais de R$ 1.045)

  • Finais 1 e 6: 1º/6
  • Finais 2 e 7: 2/6
  • Finais 3 e 8: 3/6
  • Finais 4 e 9: 4/6
  • Finais 5 e 0:5/6

Quem pode receber?

Aqueles que já são ou recebem os seguintes benefícios:

  • Previdenciário de aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão.

Beneficiário de BPC/LOAS e RMV vão receber?

 Os beneficiários assistenciais do Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/Loas) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) não têm direito ao abono anual.

E quanto a aglomeração nas filas? Só pode retirar no banco?

 A recomendação é no sentido de que os beneficiários optem por usar o dinheiro através dos meios digitais da instituição financeira como aplicativo, site, caixa eletrônico e central telefônica para pagamentos de contas, transferências de recursos, recargas de celular e consultas de saldos e extratos.

E Quem não possui conta-corrente?

 Os beneficiários aptos a receberem a segunda parcela do 13º salário que não possuem contas-correntes e recebem apenas por meio de cartões de débito, podem utilizar estes mesmo para realizar pagamentos de compras. Para isso, basta inseri-lo nas maquininhas dos estabelecimentos comerciais e utilizá-los na função débito normalmente, que será descontado do saldo do cartão.

 O INSS, através da Portaria nº 543, de 27 de Abril de 2020, permitiu que o beneficiário, ao acessar o portal ou aplicativo Meu INSS, possa transferir o pagamento do benefício para conta corrente, de forma gratuita, através de uma solicitação.

 Ademais, continua interrompido o atendimento presencial nas agências do INSSe a suspensão da necessidade de prova de vida como requisito para recebimento dos benefícios.

Conteúdo original por Ravena Oliveira Especialista em Direito Civil e Processo Civil