3 Dicas para fazer o controle financeiro em pequenas empresas?

0

Realizar um eficiente controle financeiro é muito importante para qualquer empresa, independentemente do seu porte ou segmento de mercado. 

No entanto, sabemos que alguns empreendedores e empresários, proprietários de pequenas empresas, ainda não realizam este tipo de controle.

Portanto, para ajudar você que pretende melhorar a gestão e o controle financeiro da sua empresa, separamos algumas dicas importantes sobre o assunto, para saber mais, continue acompanhando esse artigo.

Porque fazer o controle financeiro mesmo nas pequenas empresas?

A ideia de que as pequenas empresas não precisam ter os mesmos cuidados com suas finanças que as grandes empresas possuem, é ultrapassada.

A organização financeira, gestão e otimização dos números que envolvem e movimentam os negócios de uma empresa, precisam e devem ser levados a sério.

Com um adequado controle financeiro, é possível maximizar os lucros, além de reduzir custos e despesas que impactam diretamente nos resultados e na velocidade de crescimento das empresas.

Para que uma empresa cresça e seja capaz de manter-se estável mesmo em momentos difíceis e de crise econômica, o controle financeiro é fundamental e depende de certa dose de determinação dos empreendedores e empresários para colocá-la em prática!

Como fazer uma boa gestão e manter o controle financeiro nas pequenas empresas?

Você está disposto a colocar em prática as melhores dicas e premissas a respeito da gestão financeira de pequenas empresas? 

Então não deixe para depois, comece hoje mesmo, seguindo as 3 dicas que separamos abaixo pra você!

1.Conheça as contas à pagar e à receber da sua empresa

O primeiro passo para colocar as contas em dia e conhecer a real situação financeira de uma empresa está no controle de contas a receber e contas a pagar.

Assim como as pessoas físicas, as empresas também não podem dar passos maiores do que as próprias pernas, ou seja, queremos dizer que uma empresa jamais poderá assumir compromissos maiores do que a sua previsão de receitas e capacidade de caixa.

controle financeiro empresa

Neste contexto, queremos destacar que quando uma empresa perde o controle de suas finanças e não mantém um contas à pagar e à receber alinhados, ela acaba assumindo compromissos maiores do que aqueles que ela realmente tem condições de assumir.

Muitas das vezes, tais compromissos podem ser destinados ao próprio crescimento e investimento na empresa, como a aquisição de um bem, por exemplo. No entanto, para que qualquer compromisso futuro seja assumido, é preciso analisar as contas e ter o maior grau possível de certeza, quanto a disponibilidade de caixa ou a entrada de recursos futuros que possam fazer frente ao investimento.

Em resumo, é preciso evitar um desequilíbrio entre contas à pagar e contas à receber, sendo importante sempre assegurar que a empresa poderá contar com mais recursos entrando do que saindo de seu caixa, evitando assim, dificuldades financeiras.

2.Faça avaliações periódicas otimizando processos e custos

Conhecer tudo o que a empresa tem a pagar e também a receber é sem dúvidas o primeiro passo para uma boa gestão financeira.

Com base na análise, organização e conhecimento da saúde financeira da empresa, torna-se mais fácil identificar custos desnecessários e processos que podem ser melhorados para aliviar o fluxo de caixa da empresa, através da redução de custos.

Portanto, organize todas as contas à pagar e à receber da sua empresa e identifique possíveis pontos de redução nos custos, otimizando as finanças e contribuindo para que os lucros cresçam.

3. Invista em um software completo de gestão

Dependendo do volume de movimentações financeiras que a sua empresa realiza mensalmente ou até mesmo diariamente, pode ser difícil manter o controle sobre tudo e ter uma visão completa, através de processos manuais como planilhas e documentos de texto.

Invista na gestão financeira da sua empresa e profissionalize os seus negócios, com um sistema completo para gestão empresarial.

Muitas vezes esquecido nas pequenas empresas, os sistemas de gestão empresarial são verdadeiros aliados das empresas de médio ou grande porte. Afinal, através dos softwares de gestão é possível manter o controle e ter uma visão geral e panorâmica sobre o quadro financeiro da empresa, além de acompanhar a sua evolução através de gráficos, relatórios e indicadores de desempenho.

Conclusão

Acredite no potencial dos seus negócios, invista nos primeiros passos da gestão financeira e vaja a sua empresa crescer e desenvolver-se de verdade, conquistando a cada dia uma fatia maior do mercado e consequentemente lucros maiores.