4ª parcela do Auxílio começa a ser paga para todos os beneficiários

A quarta parcela do auxílio emergencial começa a ser paga para todos os beneficiários, desde os inscritos do Bolsa Família, até para os inscritos via aplicativo, site e CadÚnico

0
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal (CEF) começou a realizar o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial no último sábado (17), quando os beneficiários inscritos via aplicativo, site e CadÚnico, nascidos em janeiro receberam o benefício.

Entretanto, nesta segunda-feira (19) a Caixa também inicia o cronograma de pagamentos para os inscritos do Bolsa Família, sendo assim, a partir desta segunda, todos os beneficiários começam a receber.

Vale lembrar que nesta segunda-feira (19) a Caixa está realizando o último pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial para os beneficiários que optaram por receber o dinheiro do benefício em espécie e são nascidos no mês de dezembro.

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Calendário da quarta parcela

Datas de depósito em conta poupança social digital.

Nascidos emData de recebimento
Janeiro17 de julho
Fevereiro18 de julho
Março20 de julho
Abril21 de julho
Maio22 de julho
Junho23 de julho
Julho24 de julho
Agosto25 de julho
Setembro27 de julho
Outubro28 de julho
Novembro29 de julho
Dezembro30 de julho

Datas de saque em dinheiro

Nascidos emData de recebimento
Janeiro2 de agosto
Fevereiro3 de agosto
Março4 de agosto
Abril5 de agosto
Maio9 de agosto
Junho10 de agosto
Julho11 de agosto
Agosto12 de agosto
Setembro13 de agosto
Outubro16 de agosto
Novembro17 de agosto
Dezembro18 de agosto

Datas de pagamento do Bolsa Família

Inscritos NISData de recebimento
NIS final 119 de julho
NIS final 220 de julho
NIS final 321 de julho
NIS final 422 de julho
NIS final 523 de julho
NIS final 626 de julho
NIS final 727 de julho
NIS final 828 de julho
NIS final 929 de julho
NIS final 030 de julho

O auxílio emergencial

Os beneficiários que estejam em dúvida sobre o pagamento do benefício podem entrar em contato pela central telefônica 111 da Caixa que funciona de segunda a domingo das 7h às 22h. Também é possível consultar a situação do benefício acessando o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Para este ano o benefício foi liberado inicialmente em quatro parcelas, com valores de R$ 150 e R$ 375 a depender da composição familiar, e ainda no início deste mês o governo confirmou mais três parcelas que serão pagas entre os meses de agosto e outubro.