5 benefícios da automação de processos na área fiscal

De acordo com um relatório do Banco Mundial, as empresas brasileiras gastam 1.958 horas por ano para cumprir todas as exigências do Fisco. E desde a Constituição Federal, em 1988, já foram publicadas quase 400 mil normas tributárias até hoje, uma média de 30 novas normas editadas por dia. Essa complexidade representa um percentual de 1,5% no faturamento anual das empresas e um custo de 60 bilhões, segundo levantamento do IBPT. 

Para inverter essa situação, as companhias precisam investir no parque tecnológico para modernizar suas operações. “Processos manuais e repetitivos impactam a produtividade da área fiscal e geram um grande desperdício de tempo e dinheiro para as empresas. Além, é claro, de colocar em risco de autuações da Receita Federal”, afirma Jair Araújo, Gerente de Desenvolvimento de Soluções Fiscais da Synchro.

Em um mercado tão competitivo, os desafios são grandes: produzir mais em menos tempo, com custos reduzidos e com maior qualidade.  Mas como fazer isso? Com a automação de processos, que traz vantagens significativas para as empresas cumprirem todas essas metas.

“Automação de processos permitirá a empresa aumentar sua competitividade no mercado, gerar novos negócios, sem correr riscos por conta de processos ultrapassados e que não fazem mais parte da realidade de quem se dedica a gestão de tributos no Brasil”, disse Araújo. Uma das vantagens é a qualidade das informações, pois em um sistema racionalizado, a quantidade de erros ou inconsistências é praticamente reduzida a rezo e o resultado é a diminuição de tempo e de recursos.  

Para esclarecer ainda mais como a automação de processos pode contribuir com a área fiscal, o executivo lista alguns benefícios específicos:

  1. Antecipação de riscos fiscais: predição de críticas das informações fiscais para a data do fato gerador, aumentando a janela de análise de seus impactos e formas corretas de correção;
  2. Facilidade de configuração de regras tributárias: agilidade no atendimento de especificidades nos processos de escrituração, apuração e geração de suas obrigações;
  3. Aumento de produtividade: maior eficiência operacional da área tributária nos processos de apuração de tributos, geração de obrigações, bem como suas entregas;
  4. Eficácia tributária: Processos automatizados para apuração, geração e entregas das obrigações que torna o processo mais eficaz, ou seja, menos passível de erros que impactam em não conformidade;
  5. Gestão eficiente e segura: Gestão dos processos tributários refletindo em tempo real as atividades operacionais, conteúdo normativo (legal) embarcado.

Experiência de automação na prática

Synchro vai participar do SAP Now, principal congresso anual de inovação e tendências da multinacional alemã SAP, que será realizado nos dias 11 e 12 de setembro. Durante o evento, os executivos da empresa vão apresentar três painéis, entre eles, Jair Araújo e César Matsuda, mostrarão, ao vivo, a experiência de automação na prática de processos com uso da solução Syn4TDF .