5 formas de captar recursos para o seu negócio

0

Montar um novo negócio pode se tornar um grande desafio para o empreendedor, ainda mais quando não há recursos o suficiente para suprir as suas necessidades.

Se você se encaixa dentro dessa situação, saiba que não está sozinho. Afinal de contas, a maioria dos novos empreendedores também correm risco diariamente sem perceber.

Além disso, é comum não ter em mãos todos os recursos necessários. Fato disso é que cerca de um terço das empresas fecham a porta.

Esse estudo foi elaborado pelo SEBRAE, e como motivo para esse acontecimento, a companhia concluiu que boa parte é por falta de capital.

Especialmente para as empresas que estão no ramo B2B (como indústrias de sensor de temperatura e umidade), ter todos os recursos necessários para o negócio é ainda mais desafiador.

Afinal, a empresa tem que lidar com máquinas, dispositivos e ferramentas diversas, tudo isso além dos fornecedores (como os de válvula reguladora de pressão), clientes, parcerias, aluguel, e muito mais.

Sendo assim, que tal ver algumas formas simples e práticas de captar mais recursos para o seu negócio?

Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

1- Investimento próprio 

A forma mais tradicional de captar recursos para o seu negócio é com o uso do seu próprio dinheiro. Assim, você se torna o primeiro investidor da sua empresa, utilizando as suas reservas financeiras pessoais.

2- FFFs

Você já ouviu falar sobre FFFs? Por sua vez, a abreviação vem dos termos em inglês “family, friends and fools”, que pode ser traduzido como “família, amigos e tolos”.

Muita das vezes, um amigo, parente ou alguém próximo que acredita em seu negócio também pode se tornar um investidor do seu negócio.

Essas são pessoas que acreditam no potencial do seu projeto e, por isso, se trata de forma de captar recursos de maneira mais informal.

3- Sócio investidor

O sócio investir não está necessariamente na operação, mas enxerga um alto potencial de crescimento e impacto do seu negócio, e por essa razão, decidi investir e se tornar um sócio, que por sua vez, também recebe parte do lucro do negócio.

4- Investidor anjo

O investidor anjo, também conhecido como “smart money” se trata de um investimento realizado por pessoas físicas, agregando não somente os recursos necessários para o negócio, como também conhecimento técnico, contatos e experiências.

Além disso, para diminuir os riscos, o investidor anjo realiza o processo de investimento de forma coletiva.

Ou seja, se você pretende abrir uma fábrica de cabeamento estruturado, diversas pessoas contribuem para auxiliar o crescimento do seu negócio.

5- Crowdfunding

Também chamado de “financiamento coletivo” ou, mais popularmente, como “vaquinha online”, o crowdfunding é um processo de investimento feito por meio de plataformas, como a própria Vaquinha Online, Kickante, entre outras.

Nestas plataformas, é possível arrecadar recursos por meio de qualquer pessoa, que irá contribuir com um pequeno valor com o intuito de auxiliar o desenvolvimento do negócio.

Agora que você já sabe quais são essas formas de captar recursos para o seu negócio, o que acha de aderir uma delas e ter sucesso? Gostou do post?

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.