6 mudanças na declaração do Imposto de Renda 2021

0

De acordo com as novas regras, foram feitas algumas mudanças em relação ao ano passado, pois, foi divulgado na quarta-feira, dia 24, pela Receita Federal, novas regras sobre a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física para 2021.

Continue conosco e fique por dentro do assunto.

Prazo para entrega do IR em 2021

É primordial estar atento ao prazo de entrega do Imposto de Renda 2021:

  • O mesmo será das 8 horas do dia 1° de março até as 23h59 do dia 30 de abril de 2021. 

O programa já está disponível  para fazer o preenchimento da declaração e também já poderá ser acessado pelo aplicativo de smartphone e para computador. 

Todos os contribuintes devem realizar a declaração?

Deve fazer a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis:

  • superiores a R $28.559,70 em 2020;
  • E tiveram rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados, principalmente na fonte de mais de R $40 mil.

Veja os prazos para a realização da declaração.

Os prazos para entregar a declaração foi estendido em quatro meses, devido a pandemia, sendo de março a junho, mas para este ano de 2021, o prazo para entregar a declaração volta a ser o habitual, sendo 1 ° de março a 30 de abril de 2021.

Mas, em relação ao pagamento da restituição, a receita conservou a alteração feita no ano passado: 

  • No lugar de sete lotes, serão cinco, para os paramentos que começaram em junho foram realizados em 31 de maio.  Para os outros contribuintes, o pagamento será feito nos dias:
  • 30 de junho;
  • 30 de junho, 31 de agosto;
  • 30 de setembro – de acordo com a data de envio da declaração.

E lembrando que o auxílio Emergencial também pode ter que ser declarado. 

Outros tipos de declaração 

Neste ano de 2021, aconteceram outros tipos de declaração, para as pessoas que foram beneficiadas com o auxílio emergencial e obtiveram rendimentos tributáveis superiores a R $22.847,76 no decorrer de 2020.  

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Para os beneficiários do auxílio que se enquadram nesta situação é necessário devolver os valores recebidos por eles e  dependentes. 

Direito a restituição 

A restituição poderá ser feita por conta de pagamento, pois, com um aumento significativo de fintechs e de bancos digitais, agora é necessário ter um mecanismo de restituição de contas de pagamento. 

Neste caso será possível selecionar:

  • Conta de pagamento para crédito de restituição;
  • E também “Conta corrente” e “ conta poupança”.

Para isto é necessário entrar em “Informações bancárias”, logo você seleciona a seguinte opção “conta de pagamento”.

Sendo necessário informar os dados da fintech ou do banco digital, se for necessário informar o número da conta e o número de sua agência. 

Três novos códigos para declarar cripto ativos 

A declaração da criptomoeda já era declarada seguindo a legislação e os valores mínimos, porém agora a Receita Federal criou três tipos de cripto ativos para a declaração. 

Para fazer este tipo de declaração, o contribuinte deverá entrar na ficha “Bens e Direitos”.

Esteja atento que, agora são três novos códigos:

  • 82 – Cripto Ativo Bitcoin (BTC);
  • 82 – Outros cripto ativos, do tipo moeda digital (altcoins, como Ether); e
  • 89 – Demais cripto ativos (não considerados moedas digitais, mas classificados como security tokens).

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Por Laís Oliveira