O principal desafio das empresas este ano é ajustar e melhorar a eficiência operacional dos negócios. Isso, automaticamente, impacta diretamente na contratação de novos profissionais.

As posições que são consideradas estratégicas para as empresas devem ter um incremento médio de 30% nos três primeiros meses do ano em relação ao mesmo período anterior, mostra o resultado de um levantamento realizado pela empresa de recrutamento Page Personnel.

A procura por analistas de big data, por exemplo, chegou a subir 50%. Os dados revelam que que três entre quatro empresas estão a caminho de iniciar sua atuação no Big Data e existe uma dificuldade em encontrar profissionais qualificados.

Para o diretor da empresa, Ricardo Haag, como reflexo do momento do econômico do País, o mercado de trabalho também passa por ajustes no quadro organizacional buscando ganhos de produtividade e, com isso, posições ligadas à questão da eficiência operacional têm
maior procura neste momento. “As empresas precisam melhorar sua rentabilidade e isto reflete diretamente na contratação de cargos mais estratégicos”, afirma.

Confira abaixo as nove profissões listadas e fatores que ajudam no aumento da demanda:

1- Analista/Coordenador de DP
Áreas de atuação: RH
Percentual de aumento: 40%
O que faz: o profissional é responsável por toda a parte da administração de pessoal da empresa, como folha de pagamento, encargos anuais, benefícios, relações trabalhistas, admissões e demissões, além de homologações e outras atividades administrativas. É uma posição importante para sanar dúvidas de funcionários sobre holerites, pagamentos e benefícios, funcionando como atendimento interno.
Motivos para o aumento: nota-se uma forte mudança na expectativa do perfil deste profissional que, durante muitos anos, ocupou uma posição mais técnico-administrativo. As empresas passaram a dar maior importância para profissionais com maior capacidade de interlocução com as demais áreas da empresa e influência estratégica. A parte comportamental passou a ter grande relevância, especialmente nos casos de gestão de equipes, processos de folha pagamento e atendimento aos funcionários.

2- Analista de trade marketing
Áreas de atuação: Vendas e Marketing
Percentual de aumento: 30%
O que faz: esse profissional cuida da divulgação da marca nos pontos de vendas por meio de campanhas, exposição dos produtos da empresa, negociações com varejistas para combo de compras e análises de vendas. Essa área é parceira do setor de vendas; enquanto a área de vendas tem a responsabilidade de fazer o sell in (venda dos produtos para os varejos), fica a cargo da área de trade o sell out (venda para o consumidor final a partir dos varejistas).
Motivos para o aumento: 2014 foi um ano difícil para o varejo e para a indústria em geral. É comum que se veja um movimento de investimento na área que tem a maior influência nas vendas diretas para o consumidor. Com isso as indústrias buscas influenciar de forma mais precisa a venda de seus produtos e promover campanhas que atraiam mais seus consumidores.

3- Desenvolvedor mobile
Áreas de atuação: Agências, Startups
Percentual de aumento: 40%
O que faz: desenvolvimento de aplicativos para smartphones
Motivos para o aumento: a procura crescente por essa plataforma reflete na demanda por profissionais especializados no assunto. Estima-se que neste ano serão investidos cerca de US$ 38 bilhões em aplicativos, o que aumenta a demanda por profissionais capacitados dentro dessa área.

4- Executivo de vendas Hunter TI
Áreas de atuação: Vendas para os mercados de IT (software) e mídias digitais/ web e mobile (celular)
Percentual de aumento: 20%
O que faz: venda de softwares que agregam soluções de negócios para o mercado e venda de aplicativos e propaganda online (via internet e celular).
Motivos para o aumento: há uma retomada do mercado por softwares, principalmente os que estão ligados diretamente à melhoria operacional e
redução de custos. Em relação a aplicativos e propaganda online, a tendência é positiva pois esse tipo de canal vem ganhando cada vez mais usuários.

5- Analista de big data
Áreas de atuação: TI (Bancos, companhias aéreas, operadoras de telefonia, serviços de busca on-line e redes varejistas)
Percentual de aumento: 50%
O que faz: processamento de grandes volumes de dados; análise dos dados; geração de relatórios; contato com Data Warehouse e banco de dados;
Motivos para o aumento: o Big Data vem cada vez mais sendo utilizado pelas empresas brasileiras como forma de entender melhor os clientes, explorar os dados internos e construir um confiável banco. Pesquisas indicam que três entre quatro empresas estão a caminho de iniciar sua atuação no Big Data. Porém, a grande dificuldade continua sendo profissionais qualificados para assumir as posições.

6- Engenheiro de Processos
Áreas de atuação: Indústria
Percentual de alta: 30%
O que faz: foco em melhorias de processo dentro das empresas, análise de indicadores de produtividade relacionados a pessoas, linha de produção e redução de custos.
Motivos para a alta: a melhoria de processos e eficiência de produtividade procurada constantemente pelas empresas, ainda mais evidente em momentos de instabilidade econômica, tornou o engenheiro de processos uma peça importante no quadro das empresas.

7- Especialista de logística
Áreas de atuação: varejo, indústria ou serviços.
Percentual de aumento: 40%
O que faz: profissional com foco em malha logística. Voltado à distribuição, estudos e análises de malha e melhoria de processos, otimização de rota. Orientado à redução de custos de logística, otimização de processos e melhoria de serviço.
Motivos para o aumento: empresas têm procurado reduzir custos e melhorar todos os processos. A área logística, muitas vezes, pode compor até 50% do custo da empresa e trazer resultados de redução, alterando significativamente a margem e o custo final da empresa.

8- Analista de planejamento financeiro
Áreas de atuação: indústria e comércio
Percentual de aumento: 20%
O que faz: tem como principal responsabilidade o processo orçamentário, o acompanhamento dos resultados da empresa e as análises de desempenho do negócio. Responsável por estudar o cenário econômico, realizar o planejamento orçamentária da empresa, acompanhar e controlar os resultados alcançados.
Motivos para o aumento: as dificuldades de precisão no cenário econômico, aliada às dificuldades das empresas em prever seus resultados, contribuem para esse profissional seguir em alta no mercado. A necessidade de controles, indicadores e informações passam a ser cada vez mais importante para os tomadores de decisão, fazendo o trabalho desse profissional ainda mais relevante.

9- Analista Contábil
Áreas de atuação: Profissional responsável pelas rotinas contábeis da empresa.
Percentual de aumento: 10%
O que faz: é responsável por classificações, conciliações, apurações de tributos, entrega de obrigações acessórias, análises e elaboração do balanço, produções de relatórios para a matriz.
Motivos para o aumento: segue sendo um das vagas com maior procura, principalmente pela baixa qualificação dos profissionais, falta de fluência em uma segunda língua e momento de “maturação” da área, que vem se mostrando cada vez mais estratégica nos últimos anos e apresentando salários mais inflacionados para atrair bons profissionais. (Informoney)

 

[useful_banner_manager banners=7 count=1]

Comente

Comentários