Programa de rádio mais antigo do país, A Voz do Brasil, da EBC, acompanhou e noticiou, de forma ininterrupta, as transformações da sociedade brasileira. O programa desta quarta-feira (22) foi uma edição especial e contou com a participação do ministro das Comunicações, Fábio Faria. 

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participa do programa Voz do Brasil.

Em visita às instalações da Voz do Brasil, no edifício sede da EBC, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, se referiu ao programa octogenário como “uma joia da comunicação”, e afirmou que o rádio ainda é um meio de comunicação eficaz em tempos de internet.

“O rádio traz a informação na ponta da linha. A rádio chega nas comunidades, em lugares isolados. Cresci ouvindo rádio e sinto que a equipa da Voz do Brasil presta um serviço inestimável para a sociedade”, afirmou enquanto visitava os estúdios da empresa.

Ouvinte da programação da Rádio Nacional, o ministro ressaltou a longevidade da Voz do Brasil – o segundo programa mais longevo do mundo e primeiro do Hemisfério Sul.

Em oito décadas e meia, A Voz do Brasil apresentounotícias sobre 23 presidentes e cobriu 12 eleições presidenciais, e manteve-se no ar durante a vigência de cinco constituições (1934, 1937, 1946, 1967 e 1988).

O programa cobriu a deposição dos presidentes Getúlio Vargas (1945) e João Goulart (1964), o suicídio de Vargas (1954), a redemocratização do país em dois momentos (1946 e 1985), o impeachment e renúncia de Fernando Collor (1992) e o impeachment de Dilma Rousseff (2016).

Fonte: Agência Brasil