A Caixa Econômica Federal começa a pagar, nesta terça-feira, dia 11, o abono salarial do PIS a seus correntistas e poupadores nascidos em dezembro, que tenham saldo acima de um real. O pagamento é referente ao calendário 2018/2019, ano-base 2017. Os valores creditados variam de R$ 80 a R$ 954, de acordo com o numero de meses trabalhados no ano passado.

A partir desta quinta-feira, dia 13, o abono será liberado aos nascidos neste mês que não têm conta-corrente nem poupança no banco. O dinheiro ficará disponível para a retirada até 28 de junho de 2019.

Segundo a Caixa, portanto, considerando os clientes e os não clientes, 1.810.234 trabalhadores nascidos em dezembro poderão fazer o saque neste fim de ano. O valor total a pagar é de R$ 1,322 bilhão.

Como fazer a consulta na Caixa

Para saber se tem algo a receber de PIS, o trabalhador pode consultar o aplicativo Caixa Trabalhador, acessar o site www.caixa.gov.br/PIS) ou ligar para 0800-726-0207, informando o número do PIS.

Para obter mais informações sobre o abono salarial, o trabalhador também pode fazer uma consulta pelo site do Ministério do Trabalho (trabalho.gov.br/abono-salarial) ou ligar para 158.

Pasep não será depositado este mês

O trabalhador que é servidor ou tem vínculo empregatício com uma empresa pública tem inscrição no Pasep. Neste caso, o abono salarial é pago pelo Banco do Brasil (BB). Neste mês de dezembro, no entanto, não haverá pagamento do abono. O depósito será retomado apenas em 17 de janeiro, para quem tem número final de inscrição 5.

No caso do Pasep, é possível fazer a consulta do valor a receber pela central de atendimento do Banco do Brasil (BB), nos telefones 4004-0001 e 0800-729-0001.

Quem tem direito

Tem direito ao abono quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com registro formal e exerceu alguma atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. Mas, se o trabalhador recebeu comissão ou horas extras e, com isso, a renda mensal ultrapassou dois pisos nacionais, o abono não é liberado (mesmo que o salário registrado em carteira seja menor).

Também é preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) entregue ao Ministério do Trabalho.

Como é calculado o valor

O valor a receber é proporcional ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou durante um mês no ano passado vai receber 1/12 do salário mínimo (R$ 80), quem trabalhou dois meses receberá 2/12, e assim por diante. Só terá o valor integral do abono (R$ 954) quem trabalhou durante todo o ano-base (2017).

Como sacar o dinheiro

Quem tem o Cartão do Cidadão da Caixa com senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um correspodente Caixa Aqui ou a um terminal de autoatendimento do banco para a retirada do valor.

Se o trabalhador não tem o Cartão do Cidadão — e não recebeu o depósito diretamente em conta-corrente ou poupança por ser cliente —, o abono salarial pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, apresentando um documento de identificação com foto.

Conteúdo via Extra

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.