Abono PIS/Pasep vai ter novo pagamento em julho?

Será que poderemos ter uma nova rodada de pagamentos do abono salarial neste mês de julho? Vamos descobrir agora!

Habitualmente o cronograma de pagamentos do abono salarial do PIS/Pasep começava a ser pago sempre no mês de julho de um respectivo ano e era finalizado em junho do ano seguinte.

No entanto, o cronograma habitual acabou não ocorrendo no ano passado quando o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2020 acabou sendo adiado.

O benefício foi adiado no ano passado, pois, devido ao período de pandemia, o governo acabou transferindo os recursos do benefício para disponibilizar outros programas de contenção econômica.

Dessa forma, o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2020 que não foi liberado no ano passado acabou sendo pago este ano, entre os meses de fevereiro e março.

Nesse sentido, será que agora no mês de julho teremos uma nova rodada de pagamentos e o benefício voltará ao cronograma tradicional de pagamentos? Vamos descobrir agora!

Teremos uma nova rodada de pagamentos do abono este ano?

Apesar de muitos trabalhadores terem essa dúvida, precisamos jogar um balde de água fria dos beneficiários do abono salarial.

Isso porque, não há nenhuma outra previsão de pagamento do abono salarial para este ano, ou seja, não teremos mais um calendário tradicional de pagamentos do abono.

Acontece que quando o governo optou por adiar o pagamento do abono salarial ano-base 2020 o governo também acabou adotando uma nova sistemática de pagamentos.

Isso porque, para o governo, ter o pagamento de um mesmo benefício em dois anos diferentes era um problema para o Orçamento da União.

Nesse sentido, a partir de 2022 todos os pagamentos do abono salarial serão feitos para todos os trabalhadores no mesmo ano, em um cronograma de pagamentos que pode ocorrer de janeiro a dezembro.

Logo, os trabalhadores acostumados com a antiga sistemática de pagamentos, onde o benefício era pago a partir de julho de um ano e era finalizado somente no ano seguinte, não existe mais.

Assim, os trabalhadores que exerceram atividade de carteira assinada em 2021 vão ter acesso ao abono salarial apenas em 2023, da mesma forma que quem está exercendo atividade neste ano deve ter direito ao benefício apenas em 2024.

Comentários estão fechados.