Acabe com suas dúvidas: Saiba como funciona a prova de vida online

0

O INSS – Instituto do Seguro Social implementou, no dia 20 de agosto, o projeto-piloto da prova de vida por meio do celular. Para testar o sistema, o Instituto está fazendo a prova de vida online com cerca de 300 mil beneficiários.

O INSS quer que até o final do ano todos os usuários também possam fazer a prova de vida online.

Os aposentados e pensionistas do INSS precisam anualmente realizar a prova de vida. Quando eles precisam se deslocar até a uma agência bancária na qual recebe o seu pagamento para atualizar o cadastro. O processo é para evitar fraudes no sistema do Seguro Nacional.

O INSS deseja que as pessoas não precisem sair de casa para fazer a comprovação de vida, principalmente agora, no meio de uma pandemia do novo coronavírus. O objetivo é não ter aglomeração nas agências bancárias.

Leonardo Rolim, presidente do INSS, disse que o projeto-piloto começará utilizando o sistema biométrico do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Também juntamente com os dados do TSE, serão utilizadas as bases de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Quem vai participar da biometria online do INSS?

Serão os segurados que possuem carteira de habilitação e título de eleitor que participarão dos testes.

Fique atento

O Instituto entrará em contato com seus beneficiários nos próximos dias. O contato será feito por meio de mensagens enviadas pelo portal ou do aplicativo Meu INSS, da central telefônica 135 e do e-mail.

Quem participar do teste, já terá sua prova de vida garantida. Não precisará ir até ao banco para fazer a comprovação em 2020.

Porém, os aposentados e os pensionistas que ficarem de fora dos testes, não precisam fazer a comprovação por agora. Segundo o INSS, por consequência da pandemia do coronavírus, as provas estão suspensas até 30 de setembro.

Como será a prova de vida digital

Será usado o recurso de biometria facial, através da câmera do celular do segurado.
Será preciso que você instale o aplicativo Meu INSS e o aplicativo do governo digital, para comprovar que trata-se da pessoa cujo CPF foi informado no cadastramento do INSS.

O teste de prova de vida só será possivel para os beneficiários selecionados pelo Instituto.
O teste de prova de vida digital só estará disponível para os beneficiários selecionados. No aplicativo a opção só aparecerá para quem se enquadra nos critérios de seleção.

Na prova de vida, o segurado é orientado pelo aplicativo Meu GOV.BR a centralizar o rosto, virar o rosto para a direita, fechar os olhos, sorrir, virar novamente o rosto e fazer a captura da biometria por meio de foto.

Já na prova de identidade, caso a biometria do cidadão for do TSE, será preciso informar o número do título de eleitor. Por outro lado, caso a biometria seja do Denatran, será necessário informar a data de emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil