Dicas para obter resultados no Youtube com o Google Adsense

É possível ganhar dinheiro com o Youtube antes mesmo de ganhar fama como influenciador digital. Veja como:

Para quem está presente nas redes sociais é fácil perceber que os vídeos produzidos em canais do Youtube estão cada vez ganhando mais força.

A explicação para tanto sucesso está na própria dinâmica da sociedade contemporânea.

O ritmo de vida que as pessoas levam com mais horas no trabalho, mais tempo gasto na locomoção e a necessidade de agilizar e adaptar todos os processos às suas rotinas casa perfeitamente com o modo com que o Youtube atua.

De acordo com a neurociência, o cérebro humano processa as informações audiovisuais 60 mil vezes mais rápido do que em palavras.

Tudo isso aliado ao fato de que com a popularização dos celulares inteligentes e tablets, os vídeos podem ser vistos no engarrafamento, no metrô, no intervalo das aulas ou na hora do almoço.

Ou seja, a pessoa não precisa de um ambiente ou de condições específicas para consumir aquele conteúdo, basta um dispositivo móvel e um fone de ouvido e o conhecimento estará disponível a um clique.

O que nem todo mundo sabe é que todas essas características podem ser o trunfo para se ganhar dinheiro sem sair de casa.

Um canal no Youtube pode ser muito mais do que uma diversão e virar uma fonte de renda extra.

Monetizando canal

Um dos braços do Google é o AdSense, um serviço de publicidade direcionada que está disponível para qualquer usuário que possua um blog ou um canal na internet.

E não estamos falando só de youtubers já reconhecidos no universo digital, a monetização da internet é para todos.

Funciona assim: a pessoa cadastra o seu blog ou canal como parceiro e o Google se responsabiliza por enviar a peça publicitária que melhor se encaixa naquele nicho específico.

Cada vez que um usuário clica no anúncio, o dono do site, blog ou canal do Youtube recebe uma porcentagem do que o anunciante pagou ao Google.

A vantagem é que a pessoa consegue parceiros sem precisar prospectá-los ativamente. Mas há regras.

Por mais fácil que possa parecer, é preciso seguir um protocolo para obter bons resultados no uso dessa ferramenta. Confira quais são:

Definir nicho e tema

O primeiro passo é definir sobre o que quer falar e para quem.

Não dá para se pensar em criar um canal no Youtube sem saber sobre o quê será falado.

Tecnologia?

Moda?

Mercado de trabalho?

Finanças?

Games?

Estilo de vida?

Com o tema definido, é importante saber também para qual público os vídeos serão direcionados para adequar conteúdo e linguagem.

Um vídeo de tecnologia para jovens, por exemplo, é bem diferente de um sobre o mesmo tema voltado para especialistas no assunto.

Públicos diferentes exigem linguagens, dinâmicas e abordagens diferentes.

Conhecer SEO

Outro ponto importante é conhecer as estratégias de Search Engine Optimization, o tão falado SEO.

Mais do que um termo na moda, trata-se de uma estratégia fundamental para que o conteúdo produzido tenha destaque no universo digital.

A internet está repleta de cursos e informações sobre SEO que são bastante úteis para conseguir um bom rankeamento no Youtube e, consequentemente, ganhar mais dinheiro com o AdSense.

Youtube

Produzir conteúdos relevantes

Esse é um dos pontos-chaves na hora de pensar em produzir conteúdos para a internet.

É preciso que o vídeo responda alguma dúvida, atenda a uma importante demanda do usuário.

E a pessoa só vai saber fazer isso se conhecer a fundo a sua audiência, caso contrário vai produzir vídeos aleatórios que não terão acesso.

Voltando ao exemplo da tecnologia. Se o dono do canal definiu que vai falar para especialistas em tecnologia, não faz sentido gravar um vídeo ensinando a ligar o computador.

No entanto, se a ideia é atingir o público da terceira idade que tem pouca intimidade com os recursos tecnológicos, esse é um conteúdo que faz total sentido.

Por isso, os passos anteriores são tão importantes.

Gerar tráfego

Não basta ter nicho e tema definidos e conteúdos superinteressantes se ninguém ler.

Audiência não cai do céu, é preciso buscá-la, tendo em mente que a disputa é acirrada.

Qualquer assunto sobre o qual se queira falar já vai ter sido produzido por alguém, é preciso excelência na estratégia para conseguir destaque.

Até porque, para poder se cadastrar no AdSense e começar a ganhar dinheiro o canal precisa ter no mínimo mil inscritos, pelo menos quatro mil horas de conteúdos assistidos nos últimos 12 meses, ter bom engajamento e conteúdo adequado (não ofensivo) para os anunciantes, além é claro, de possuir direitos autorais do que é postado.

Para gerar tráfego, abuse das redes sociais para a divulgação do seu canal, considerando sempre as técnicas de SEO que também ajudam nesse ambiente.

Escolher o tipo de anúncio ideal

Isso também é importante. Como já foi dito, o Google só irá disponibilizar anúncios que tenham a ver com o canal, porém, o dono tem total liberdade de escolher quais podem ou não serem veiculados.

Às vezes, determinada marca tem impacto no público, porém, o youtuber não confia nela ou não condiz com seu discurso, então, é melhor abrir mão daquele anúncio por uma questão de coerência e respeito ao público.