Na segunda-feria (14), as agências do INSS voltaram a atender de forma presencial, porém, com um problema, sem o atendimento para as pericias médicas. Lembrando que o Instituto Nacional do Seguro Social só atenderá quem já estava agendado.

INSS

Cerca de 600 agências do INSS vão estar abertas

Segundo o INSS, cerca de 600 agências estarão abertas. O número equivale a menos da metade das unidades do INSS, mas corresponde às maiores agências; ou seja estarão abertas as agências do INSS que podem atender mais pessoas.

O governo deve divulgar ao longo da semana a lista completa das agências abertas, mas você já pode obter a informação no aplicativo Meu INSS ou no telefone 135.

O horário de funcionamento das agências será de 7 horas até às 13 horas, de segunda a sexta-feira.

“As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS. Qualquer dúvida pode ser tirada pelo 135 ou pelo chat Helô. dentro do aplicativo”, afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim.

“Um outro ponto importante que a gente precisa lembrar as pessoas é que não devem procurar agendamento para aqueles serviços que podem ser feitos de forma remota, por exemplo, uma aposentadoria, pensão, salário-maternidade. Esses serviços continuam sendo feitos remotamente”, diz Rolim.

Novas regras

Só poderão entrar nas agências do INSS, as pessoas que estiverem usando máscara, o cidadão que não estiver de máscara, será barrado.Também será feita a temperatura corporal medida por meio de termômetro infravermelho.

Se a temperatura estiver acima de 37,5 graus, o segurado não vai poder nem sequer entrar na agência. Ele vai receber orientação para procurar um serviço médico.

Recomenda-se chegar pouco antes do horário marcado, de modo a evitar a formação de filas, e manter uma distância mínima de um metro das outras pessoas.

Servidores do INSS vão usar equipamentos de proteção individual (EPI) durante os atendimentos.

Entre os serviços feitos presencialmente estão o cumprimento de exigência, avaliação social, justificação administrativa ou social (caso em que a pessoa deve levar um documento para comprovar tempo de serviço que não está no cadastro oficial), reabilitação profissional.

Lembrando que por enquanto estão suspensas o atendimento para a pericia médica. O segurado que precisar do atendimento para pericia deverá fazer de forma remota como estava sendo realizada antes da reabertura das agências.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil