Ajuda financeira do governo para pessoas desempregadas

PIS

Governo Federal oferece ajuda financeira para desempregados. Muitas famílias que enfrentam o desemprego desconhecem a possibilidade de solicitas benefícios e até mesmo conseguir um microcrédito no valor de R$ 15.000,00.

Esse microcrédito é uma iniciativa do governo para auxiliar as pessoas que desejam fazer um empréstimo com o objetivo de dar início ao empreendedorismo. Lembrando que só terá direito a tal benefício, as pessoas que já participam do Programa Bolsa Família.

Ajuda financeira para desempregados: Direitos

O primeiro passo para quem está desempregado é realizar a inscrição no Cadastro Único do Ministério do Desenvolvimento Social.

Podem se cadastrar no CadÚnico aquelas famílias que ganham recebem até meio salário mínimo por membro familiar ou até três salários mínimos para a família inteira.

É muito importante que existe o cadastro nesse programa, pois é justamente através do mesmo que o as famílias poderão ser beneficiadas com muitos programas, como o Bolsa FamíliaTarifa Social de Energia ElétricaMinha Casa Minha Vida.

Para poder receber a ajuda financeira para desempregados através do CadÚnico, é preciso:

  • Ir no CRAS – Centro de Referência em Assistência Social do município em questão e pedir para que o cadastro seja feito
  • Levar o CPF e o título de eleitor do responsável pela família, sendo que normalmente o programa da preferência para as mulheres
  • Levar RG, carteira de trabalho e certidão de nascimento de todos os membros da família
  • Levar o comprovante de endereço

Depois de feito o Cadastro, a família poderá ser selecionada para receber o Bolsa Família, por exemplo, que é uma ajuda financeira para desempregados.

Ajuda financeira para desempregados: Auxílio doença

Muitas pessoas ficam em dúvida em relação ao auxílio doença, que é um benefício pago pelo INSS para o segurado que está passando por alguma doença ou afastamento.

Afinal, a ajuda financeira para desempregados também conta com o auxílio doença? A resposta para essa pergunta vai depender de cada caso em questão.

De acordo com a informação do próprio INSS, os desempregados podem sim ter direito ao auxílio doença, desde que estejam a menos de doze menos sem trabalho com carteira assinada.

ajuda financeira para desempregados no caso do auxílio doença, chama a atenção para a o fato de qu, a pessoa em questão vai manter a sua “qualidade de segurado” após doze meses depois de perder o seu emprego. Sendo assim, se durante esse período surgir qualquer tipo de enfermidade, basta ir até uma agência do INSS e solicitar o benefício.

Assim que a qualidade de segurado terminar, ao fim dos dozes meses, o desempregado só terá direito ao benefício se voltar a contribuir com o INSS, que pode ser como contribuinte individual (quem trabalha por conta própria), por exemplo.

Conteúdo original Consulta Benefício