Americanos estão ‘interpretando mal’ a orientação de não uso de máscaras

“Acho que as pessoas estão interpretando mal, pensando que isso é uma remoção da máscara obrigatória para todos, não é”, disse Fauci.

0

O Dr. Anthony Fauci disse na quarta-feira que muitos americanos estão “interpretando mal” as últimas orientações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), aconselhando que pessoas totalmente vacinadas não precisam mais usar máscaras na maioria dos casos.

Em uma entrevista à Axios, Fauci disse ao cofundador da organização de notícias, Mike Allen, que a nova orientação federal era “uma garantia para aqueles que são vacinados de que podem se sentir seguros, estejam eles ao ar livre ou dentro de casa”.

“Acho que as pessoas estão interpretando mal, pensando que isso é uma remoção da máscara obrigatória para todos. Não é!”, disse Fauci.

Fauci acrescentou que muitos americanos não estão lendo o guia com um olhar crítico.

“As pessoas as leem rapidamente ou ouvem apenas a metade. Elas estão sentindo que estamos dizendo: ‘Você não precisa mais da máscara.’ Não foi isso que a CDC disse”.

“Eles disseram: se você for vacinado, pode se sentir seguro, que não será infectado nem ao ar livre nem em ambientes fechados. Não diz explicitamente que as pessoas não vacinadas devem abandonar suas máscaras.”

Com a redução dos casos de coronavírus em todo o país, um número crescente de estados começou a suspender as restrições à pandemia.

No entanto, as taxas de vacinação amplamente variáveis entre os estados levaram algumas empresas como a Trader Joe’s e a Instacart a pagar seus funcionários, incentivando-os a tomar a vacina Covid-19.

Alguns estados também foram criativos com incentivos para vacinar os residentes.

O governador de Ohio, Mike DeWine, anunciou um novo programa de incentivo para que as pessoas em seu estado sejam vacinadas – uma loteria de US $1 milhão.

Outros estados como a Virgínia Ocidental estão oferecendo títulos de poupança de US $100 para pessoas com idades entre 16 e 35 anos, Nova Jersey oferecendo cervejas grátis e Nova York oferecendo MetroCards grátis para qualquer um que for vacinado no metrô.

Cerca de 37% da população foi totalmente vacinada e pelo menos 47% receberam uma dose, de acordo com o CDC.

Conteúdo traduzido da fonte NBC News por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil