A análise SWOT é uma técnica poderosa e altamente eficaz para avaliar a posição competitiva de sua empresa ou projeto.

Esta técnica analítica ajuda a identificar e definir as principais características de sua organização, incluindo pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças.

Essa análise pode ser aplicada a uma organização inteira ou a um projeto individual, independentemente do setor.

É usado principalmente ao nível da organização para determinar o quão próximo o negócio está alinhado com seus padrões de referência de sucesso.

Para transmitir essas informações em relação a sua organização ou produto de forma fácil você pode escolher um modelo de análise SWOT personalizável para que você possa se preocupar apenas com o conteúdo.

Elementos de análise SWOT

Para entender como fazer uma análise SWOT perfeita que produz resultados úteis, você deve entender o que cada um dos elementos SWOT significa.

Forças

Força é um fator interno que aborda os elementos nos quais a empresa é especializada.

Pode ser algo intangível, como os atributos de sua marca, ou tangível, como sua equipe de engenharia de produto impecável.

A análise SWOT pode ser usada por todas as funções importantes na estrutura da sua equipe de inbound marketing. 

Fraquezas

Reconhecer suas fraquezas envolve autoconsciência e compreensão do que está travando você.

Pode ser qualquer desafio organizacional, como falta de pessoas qualificadas ou questões orçamentárias.

Oportunidades

Reconheça as oportunidades existentes e potenciais em sua organização e trabalhe para aproveitá-las ao máximo.

Abrange tudo que você pode fazer para aumentar suas vendas e promover a visão de sua empresa.

Ameaças

O último elemento da análise SWOT envolve a avaliação do risco para o crescimento ou sucesso de uma empresa.

Podem ser concorrentes, riscos financeiros, novas regulamentações e tudo que pode prejudicar o desempenho de uma empresa ou projeto.

Dicas para conduzir uma análise SWOT da maneira certa

Uma análise SWOT bem-sucedida ajuda a reconhecer todos os fatores internos e externos que podem afetar sua empresa ou produto.

É uma técnica útil e simples para ajudá-lo a se concentrar em seus pontos fortes, minimizar ameaças e aproveitar ao máximo as oportunidades disponíveis.

Independentemente de usar um modelo SWOT, software de gerenciamento de projetos ou executá-lo manualmente, você deve seguir estas dicas comprovadas:

1.Faça perguntas e responda honestamente

Descubra os aspectos do seu mercado para realizar uma análise SWOT informada.

E você não pode descobrir nada sem fazer todas as perguntas em sua mente.

Nenhum dos quatro quadrantes da análise SWOT pode ser dado como certo.

Dado que o cenário empresarial moderno continua evoluindo, você não pode listar algo como seu ponto forte simplesmente porque sempre foi seu ponto forte.

E a maneira mais fácil e eficaz de preencher todos os quadrantes é fazer uma série de perguntas.

Análise SWOT

Portanto, faça perguntas para análise SWOT, como:

  • Quais são suas habilidades e conhecimentos exclusivos?
  • Como você se diferencia dos concorrentes?
  • Você tem todos os recursos essenciais?
  • Quais são as tendências do setor?

Essas perguntas irão revelar seus pontos fortes e fracos organizacionais, oportunidades possíveis.

Fazer perguntas produz o melhor material para sua tomada de decisão, mas apenas quando você é honesto com suas respostas.

Ser honesto com suas respostas evita inflar ou exagerar nos pontos fortes e ajuda a identificar seus verdadeiros pontos fortes. 

As informações falsas e imprecisas utilizadas na investigação SWOT nunca produzirão a melhor decisão.

Além disso, discutir seus pontos fortes e fracos revela grandes fontes de oportunidades que as organizações podem aproveitar com controle total.

2.Identifique e concentre-se no que você pode controlar

O objetivo geral da análise SWOT é descobrir oportunidades para uma organização melhorar e crescer.

Uma matriz SWOT padrão tem duas categorias: interna e externa.

Você pode conduzir uma análise SWOT para pequenas empresas ou uma empresa estabelecida para descobrir as oportunidades.

A metade superior consiste nos pontos fortes e fracos que são internos da organização.

As organizações têm um alto grau de controle sobre os fatores internos.

A metade inferior consiste em oportunidades e ameaças de origem externa e fora do controle da organização.

Um modelo de análise SWOT fornece espaço suficiente para mencionar todos os seus elementos.

Fatores externos geralmente resultam da ação de concorrentes, regulamentos, legislação e motivos de força maior.

Concentre-se nos fatores que você pode controlar e produzirá resultados mais consistentes.

Às vezes, as características internas da sua organização também levam a oportunidades e ameaças.

Portanto, primeiro examine quais pontos fracos de sua empresa podem gerar muitas oportunidades e quais pontos fracos podem causar ameaças.

Reduza ou corrija os pontos fracos para evitar que sua empresa sofra ameaças e reconheça oportunidades competitivas. 

3.Comece com os fatores externos

Considerar as características internas ajuda a criar e alavancar oportunidades.

Ajuda a obter resultados do que você já tem e do que pode controlar.

Ao contrário, explorar eventos externos ajuda a descobrir oportunidades ocultas.

Na maioria das vezes, os aspectos externos oferecem oportunidades e ameaças. 

Por exemplo, o lançamento de um novo produto por um concorrente pode ser uma ameaça às suas operações, mas também uma oportunidade de aprender a estratégia do concorrente no mercado.

4.Realize uma análise PESTEL antes da SWOT

Análise PESTEL ajuda a analisar ameaças externas.

Crie um grupo em sua organização para realizar a análise PESTEL antes de sua investigação SWOT.

Comece definindo o objetivo estratégico do negócio como o foco.

Atualize a PESTEL de acordo com as mudanças em relação a esses objetivos mais tarde.

PESTEL é um acrônimo para:

  • “Political” (Político)
  • “Economic” (Econômico)
  • “Social” (Social)
  • “Technological” (Tecnológico)
  • “Environmental” (Ambiental)
  • “Legal” (Legais)

Executar a análise PESTEL antes da análise SWOT ajuda a identificar ameaças profundas e multifacetadas.

5.Priorize fatores críticos

A análise SWOT frequentemente se torna uma longa lista de fatores possíveis em todos os quatro quadrantes.

Inúmeros fatores podem distraí-lo de seu objetivo real com a SWOT.

Para restringir a análise SWOT final, mencione os mais importantes de 3-5 fatores no topo de cada quadrante.

Concentre-se primeiro nesses fatores enquanto trabalha no plano de ação SWOT.

Conclusão

Leve a análise SWOT a sério e execute-a corretamente.

Faça perguntas para descobrir informações novas e precisas.

Antes de agir de acordo com as respostas, identifique o que está sob seu controle e trace um plano.

Avalie as fraquezas, explore oportunidades e identifique ameaças ocultas.

Mais importante, lembre-se de que a análise SWOT não é uma atividade única.

É recomendável verificar o status do seu mercado porque é essencial para o sucesso.

Guest post escrito pela Venngage.