Se a sua aposentadoria veio com um valor muito baixo, você tem direito a recorrer e talvez conseguir um benefício melhor.

A aposentadoria é o sonho de muitos segurados que já completaram seu tempo mínimo de contribuição e de idade.

Após meses de espera você recebe a noticia que seu beneficio foi concedido pelo INSS, provavelmente você já tenha feito muitos planos, de viagens e etc.

Porém pode acontecer do seu beneficio vir com um valor muito baixo, mesmo que você tenha procurado a ajuda de um profissional, e que tenha simulado o valor que iria receber.

Por isso hoje vamos ensinar algumas dicas para que você possa tentar reverter essa situação, veja no decorrer do texto.

 VOCÊ PODE DESISTIR DA SUA APOSENTADORIA?

Caso a sua aposentadoria seja de um valor muito baixo, abaixo do seu esperado, você não é obrigado a aceitar este valor, porém, é preciso ficar atento.

Vamos explicar melhor;

Supondo que o requerimento do seu beneficio seja aprovado, e na hora que chega a sua carta de concessão do benefício você percebe que o valor do beneficio é abaixo do esperado, como já adiantamos, você não precisa aceitar o valor que está ali na carta, mas pra isso é preciso que você esteja atento(a), pois, depois que você faz o primeiro saque da aposentadoria, a sua data é fixada e você não pode mudar ela .

Você pode fazer um pedido de revisão do benefício, e o fato de você não poder modificar esta data do início, pode fazer você perder muito dinheiro, caso você continue trabalhando mesmo recebendo aposentadoria, isso não vai alterar o valor que você recebe do benefício do INSS.

O mais aconselhável é você recusar essa aposentadoria concedida e esperar um tempo a mais para se aposentar com um valor do benefício maior.

Lembrando que se você aceitar a primeira aposentadoria, isso não será possível, o melhor a se fazer quando sua aposentadoria for concedida é:

  • Verificar se o benefício foi concedido integralmente (se não foi parcialmente concedido);
  • Verificar se não há erro de cálculo no valor do benefício;
  • Cogitar atrasar a aposentadoria.

Agora vamos explicar passo a passo do que você deve fazer para você desistir da sua aposentadoria, lembrando que todo processo da desistência da aposentadoria é feito pelo MEU INSS.

  1. Escolher a opção “Agendamentos/Requerimentos”.
  2. Clicar em “Novo requerimento” Digite no campo ‘pesquisar’ a palavra ‘desistência’ e selecione o serviço desejado.

Os documentos que você deve anexar ao seu pedido são:

  1. Declaração da Caixa Econômica Federal/ Banco do Brasil, informando se houve o saque do FGTS ou PIS/PASEP em seu nome;
  2. Declaração de não recebimento de créditos de benefícios;
  3. Declaração da empresa informando o não recebimento do crédito, no caso de empresa acordante.

COMO ENTRAR COM RECURSO ADMINISTRATIVO PARA APOSENTADORIA?

Mesmo que sua aposentadoria seja concedida, isso não significa que o INSS aprovou todos os meses de contribuição, valores de salários, e período de trabalho, e mesmo assim você teve direito ao benefício. 

Para você reavaliar a decisão parcial da sua aposentadoria, basta entrar com um recurso administrativo, nele será avaliado somente os pontos da decisão que foram desfavoráveis a você.

Cabe ao Conselho de Recursos da Previdência Social fazer essa análise.

Neste recurso você poderá apresentar novos argumentos e novas provas, que comprovam seu direito a um determinado período de trabalho não considerado.

Caso for constado que o INSS errou, você terá sua aposentadoria totalmente concedida.

É importante lembrar que o prazo para você entrar com este recurso, são de 30 dias, contados a partir da data em que você esteve ciente da decisão do seu requerimento administrativo.

PRECISO DE UMA REVISÃO DE APOSENTADORIA?

Será reavaliada por , parte do INSS, toda a sua documentação anexada ao requerimento do benefício para a verificação de eventuais erros nos cálculos, assim como no recurso administrativo, na revisão você também pode anexar novos documentos para comprovar o seu direito.

É importante que você esteja atento a essas dicas, para saber se há erro ou não no valor da sua aposentadoria.

Veja abaixo:

  1. Você deve analisar a sua carta de concessão e a memória de cálculo do benefício. São esses documentos que terão as informações do que foi levado em consideração pelo INSS para te dar aquele benefício, incluindo os valores;
  2. Através do processo administrativo, que você pode ter acesso através da Central de Atendimento do Instituto, telefone 135, ou no site do Meu INSS.

ATRASAR A APOSENTADORIA PODE SER MUITO BENÉFICO NESTE CASO

Como já foi dito, além de você entrar com um processo administrativo, você poderá também atrasar a sua aposentadoria, mas o que significa isso?

Vamos te dar um exemplo: Mario tem 65 anos e tem 20 anos de contribuição com uma média dos salários de contribuição no valor de R$ 3.000,00.

De acordo com a Reforma, ele terá direito á Aposentadoria por idade no valor de R$ 1.800,00 com esse tempo de contribuição se ele trabalhar por mais 5 anos, a aposentadoria dele sobe para R$ 2.100,00.

Que já são R$ 300,00 de diferença, em 5 anos Mario teria perdido mais de R$ 18.000,00.

Ou seja, Mario preferiu atrasar sua aposentadoria e trabalhar por mais algum tempo para pegar um valor maior.

Concluindo, agora que você já sabe o que deve fazer quando a sua aposentadoria for concedida, você deve pensar bem, se aceita ou não.

Verifique a Carta de Concessão do Beneficio se há algum erro de calculo ou se seus pedidos não foram totalmente concedidos, você também pode pensar na possibilidade de atrasar sua aposentadoria, trabalhar um pouco mais, pode garantir um benefício maior.

Dica extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise.

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.