A aposentadoria é um momento muito importante na vida de qualquer pessoa, e não seria diferente para os caminhoneiros, que trabalham durante a vida toda em uma profissão com muitos riscos.

A aposentadoria dos Caminhoneiros traz muita tranquilidade, sossego e momentos únicos com a família, fatores esses que há muito tempo não acontecem em virtude da correria da profissão.

Sem contar na renda, que pode ser multiplicada caso o motorista opte por continuar trabalhando, e ainda receber o valor mensal de aposentadoria. Pense só em quanta coisa você se privou de fazer, e agora poderá faze-las tranquilamente.

Mas antes de realmente se aposentar existem problemas muito comuns de acontecerem, que podem tirar seu sono.

Problemas comuns na hora de se aposentar.

Protocolando o pedido no INSS.

O INSS foi criado, entre tantos motivos para atender os segurados, portanto não há necessidade de um advogado para encaminhar a sua aposentadoria, sendo que você pode entrar com o pedido sozinho direito por alguma Agência do INSS.

Não é porque eu sou advogado que irei dizer que você necessariamente precisa contratar advogado.

Então se você encaminhar a sua aposentadoria e correr tudo bem, ótimo, deveria ser assim em todo pedido de aposentadoria. Porém como meu dever, devo lhe alertar que pode acontecer diversas situações, que farão toda diferença se você iniciar desde o início sozinho.

Atualmente o INSS está enviando carta para quem já preencheu os requisitos para se aposentar, ou pedindo que protocole o pedido diretamente pelo site “MEU INSS”.

Porém muitas dessas aposentadorias concedidas de forma automática, estão com o valor mensal reduzido. Mas isso ocorre porque o INSS utilizou somente o tempo que aparecia em seu sistema. Quando na verdade deveria ter conferido toda a documentação do segurado, e ver se não possui também outros períodos de trabalho.

Em alguns casos sequer é conferida a carteira de trabalho.

Problemas com a CTPS

Muitas pessoas possuem a carteira de trabalho assinada, porém o empregador não efetuou as devidas contribuições e o trabalhador nem sabe.

Também outro fator que dificulta a concessão da aposentadoria é não possuir mais a carteira de trabalho ou a mesma estar com rasuras. Isso fará diferença na aposentadoria, pois poderá ter o vínculo de trabalho não contado.

Erros no sistema do INSS

Como já mencionado, é comum não constar todas as suas contribuições no sistema do INSS, o famoso CNIS, ou ainda existir pendencias neste extrato, que devem ser corrigidas antes de se aposentar.

Do contrário, estas contribuições não serão somadas no seu tempo de contribuição, e farão você perder tempo e dinheiro.

Se tiver interesse, acesse minhas 5 dicas gratuitas, para não perder dinheiro na hora da aposentadoria, no link abaixo:

O problema de não somar todas suas contribuições é muito maior do que você pode pensa.

Pois isso reflete e muito na aposentadoria dos caminhoneiros, porque em muitos casos afeta o fator previdenciário, e não somar todas as contribuições acaba reduzindo o valor mensal da aposentadoria.

Insalubridade: se você possui deve provar

Sabemos que para o Caminhoneiro ter direito a aposentadoria especial ele precisa comprovar exposição a ambiente insalubre por no mínimo 25 anos.

Este fator reduz em até 10 anos o tempo de contribuição do Caminhoneiro, já que na aposentadoria normal por tempo de contribuição o profissional precisa contribuir 35 anos caso seja homem, e 30 anos se for mulher.

Se você não possui todo esse período de 25 anos como especial, não se assuste, de igual forma, qualquer período vai lhe ajudar para adiantar sua aposentadoria por tempo de contribuição, mas isso lhe conto em outro momento.

Mas lhe garanto que comprovar a insalubridade nem sempre é uma tarefa fácil, uma vez que os documentos necessários PPP e LTCAT são fornecidos pelas empresas nas quais você já trabalhou

PPP

Nos lugares em que você trabalhou contratado ou empregado, é necessário obter o Perfil Profissiográfico Previdenciário, nele irá constar quais os agentes nocivos à saúde você estava exposto, bem como, a atividade e o período laborado.

LTCAT

Laudo técnico das condições de ambiente do trabalho é um documento que registra os agentes nocivos à saúde ou a integridade física dos trabalhadores, que será usado para comprovar a exposição aos agentes nocivos.

Portanto ambos os documentos são fundamentais para provar que você esteve exposto a agentes nocivos para sua saúde, bem como provar o tempo em que você trabalhou desta forma.

Como é a empresa que precisa fornecer estes documentos, muitas vezes você acaba tendo dificuldades, porque já foram extraviados ou porque a empresa não existe mais, entre outros fatores.

Mas posso lhe garantir, que sem eles você não conseguirá provar insalubridade e provavelmente não vai conseguir se aposentar de forma especial e usufruir das vantagens que esse benefício previdenciário possui.

Perder o valor dos seus atrasados.


É fundamental levar sempre toda a documentação de forma correta desde o início, do contrário pode ter seu pedido negado ou ter que refaze-lo, e este é mais um dos pontos positivos de ter um advogado, pois o mesmo irá instrui-lo quanto aos documentos corretos.

Isso é muito comum, e o maior problema de ter que refazer todo o pedido é a perda dos atrasados.

Todo mundo sabe que estes procedimentos no INSS são muito demorados, e podem levar mais de 1 ano para finalizar toda a análise de aposentadoria.

Eu acredito que ninguém quer chegar ao final e ter que começar tudo de novo, certo? Mas isso pode acontecer caso ocorra erros na documentação

Imagine que prejuízo perder 12 meses de benefício!

Vou te dar um exemplo que fiz, de um cálculo simples de uma aposentadoria por tempo de contribuição no valor de R$ 1.500,00 mensais, em 12 meses, chegaria numa PERDA DE R$ 18.000,00 MIL REAIS

Mas afinal, como conseguir a tão sonhada aposentadoria?

O grande segredo para conquistar a aposentadoria dos caminhoneiros (especial) é a produção de provas, pois elas são fundamentais para a concessão da sua aposentadoria especial.

Lembrando que a reforma previdenciária vai modificar totalmente a aposentadoria especial, portanto fique de olho se você possui o direito.

Dica extra: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana?

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática: Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Conteúdo original por Diego Idalino Ribeiro, formado pela Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC, inscrito como advogado na OAB/RS. Possui atuação exclusiva há mais de 5 anos em Direito Previdenciário

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.