Aposentados do INSS já têm acesso a novo limite de crédito consignado

0

A Medida Provisória (MP) que dispõe sobre a ampliação do crédito consignado direcionado aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi assinada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro na última sexta-feira, 2.

De agora em diante, o novo limite do benefício será de 40%.

Anteriormente, o percentual disponível para a modalidade de consignados era de no máximo 35%, sendo que destes, 30% era direcionado à aposentadoria ou pensão e os outros 5% restantes ao cartão de crédito.

Com a nova proposta, a margem foi contemplada com a ampliação para 40%, sendo que 35% corresponde ao empréstimo consignado e 5% ao cartão. 

Entretanto, é importante destacar que esta, se trata de uma medida temporária.

Portanto, o novo limite de crédito ficará vigente apenas pelos próximos três meses, terminando no dia 31 de dezembro de 2020, junto ao decreto de estado de calamidade pública devido à pandemia da Covid-19. 

Além de ser uma medida vantajosa para os próprios beneficiários do INSS, o setor bancário também será contemplado através de ganhos junto à elevação do limite de crédito.

Conforme apurado junto a especialistas, a ampliação na margem consignada possibilitará um crescimento nas concessões na marca de 17%. 

É importante que se saiba que a modalidade do consignado equivale à marca de 11% do crédito disponível em todo o sistema financeiro do Brasil, além de ser a maior direcionada às pessoas físicas até então.

Isso sem contar que se trata de um procedimento extremamente relevante para as instituições bancárias dos mais diversos portes, até mesmo os digitais que têm ganhado força atualmente. 

Além disso, vale considerar a atual taxa Selic que é de apenas 2% ao ano, se apresentando como a mais baixa de toda a história.

Consequentemente, as transações financeiras são afetadas positivamente diante deste novo percentual.

Além do mais, a referida linha de crédito mostrou um índice reduzido de inadimplência, entre 2% a 3%, se consolidando como a opção mais viável durante a atual crise socioeconômica.

Ganhos no sistema bancário

De acordo com especialistas, de modo geral, o sistema bancário será o mais beneficiado pela Medida Provisória implementada, principalmente as instituições de pequeno e médio porte as quais direcionam as atividades na concessão de crédito consignado.

Segundo o analista da XP Investimentos, Marcel Campos, o Banrisul se destacou ao apresentar uma carteira de 45% das ações destinadas somente à esta modalidade de crédito.

Por outro lado, os bancos convencionais também podem se aproveitar das vantagens oferecidas pelo programa.

É o caso da linha de crédito consignado do Banco do Brasil, que equivale a 13% da carteira, enquanto no Santander, o percentual foi levemente reduzido para 12%.

Em contrapartida, no que se refere às referidas atividades pelo Bradesco e Itaú Unibanco, as taxas corresponde a 10% e 7% respectivamente. 

Por fim, o analista da XP Investimentos ressaltou que a MP também pode diminuir a disponibilização do crédito consignado através do cartão, tendo em vista que a alternativa tradicional conta com taxas e juros mais acessíveis, além de ter a possibilidade de fazer negociações junto à uma diversidade de instituições bancárias. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laura Alvarenga