Escolher dentre os diversos nichos de mercado é uma das etapas iniciais para que o empreendedor consiga alavancar a sua carreira e se desenvolver com sucesso.

O nicho de mercado é uma ótima alternativa para fugir da concorrência acirrada e oferecer soluções especializadas para pessoas e/ou empresas que possuem determinadas necessidades.

Seja oferecendo produtos de decoração ecológicos, prestando serviços de locação de empilhadeira, entre outros, ao definir um determinado nicho de mercado para a sua marca, você também determina o seu público e as estratégias para direcionar de maneira otimizada.

Mas, afinal, como é possível definir um nicho de mercado? No post abaixo, você verá algumas dicas que irão ajudar você a escolher o seu nicho ideal.

Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de nos acompanhar neste conteúdo! Vamos lá?

1. Faça uma lista de temas que você domina

O primeiro passo é pensar em algo que você gosta de fazer.

Apesar de muitos empreendedores levarem em consideração somente as oportunidades de mercado na hora de escolher um nicho, é sempre necessário ler e estudar sobre o mercado em questão.

Por isso, para que o processo de aprendizagem e monitoramento do nicho seja mais eficiente, é importante escolher algo que você realmente sabe desempenhar bem.

Se você gosta de aprender sobre a formulação de bebidas, por exemplo, talvez o nicho de insumos para cerveja possa ser uma grande oportunidade.

Saiba que nem sempre o tema que você tem mais interesse é o ideal para abordar, no entanto, isso não significa que você deva trabalhar com nichos que não se identifica.

2. Avalie oferta x procura

Também é muito importante analisar se existe uma demanda considerável pelo produto e serviço que você quer oferecer.

Afinal, ninguém quer direcionar o seu investimento por um negócio sem perspectivas, não é mesmo?

Nicho de mercado

E para analisar a procura e a presença de um público-alvo, você pode utilizar ferramentas como o Google Keyword Planner, Keywordtool.io e ao SEMrush, entre outros softwares de busca por palavras-chave.

Assim, você verifica se existe procura por produtos similares vendidos nos sites que aparecem nos buscadores.

3. Analise a concorrência

Assim como avaliar a oferta e procura, saber se você consegue competir nesse segmento é crucial para garantir a sua sobrevivência no nicho de mercado.

Sendo assim, analise quais serão os seus diferenciais competitivos e compare com a concorrência.

Com uma pesquisa detalhada sobre a sua concorrência, é possível entender a forma como eles operam e a relação deles com o público.

Apesar desse trabalho exigir mais dedicação, vale muito a pena realizar a análise de concorrência, uma vez que ela promove mais clareza sobre a oportunidade que o nicho oferece.

4. Realize testes

Por fim, uma vez que você já está certo sobre o seu nicho de mercado, está na hora de testar a sua ideia no mercado.

Se você decidiu vender disco flap, por exemplo, a melhor forma de começar é operando com protótipos, ou até fluxos simplificados de operações, no caso de serviços.

Lembre-se também de criar estratégias para divulgar e levantar o seu produto ou serviço até o seu público-alvo, seja na web ou por meio de publicidades em geral.

Agora que você já sabe como é possível definir com sucesso o seu nicho de mercado, o que está esperando para começar o seu planejamento? Gostou do post? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.