Aprenda a evitar erros para o envio da Escrituração Fiscal Digital

0

É importante estar atento na hora de elaborar a sua EFD ICMS/IPI e EFD-Contribuições, no código do modelo principalmente os eletrônicos. 

No artigo de hoje vamos explicar os principais erros que precisam ser evitados na escrituração fiscal digital das empresas.

Este tipo de preenchimento das informações constantes na EFD não são simples e demandam muita atenção. 

Código de modelos errados 

Na hora de elaborar sua Escrituração Fiscal Digital ICMS/IPI ou EFD-Contribuições é preciso ter cuidado com o código do modelo, principalmente os eletrônicos. 

Alguns registros só aparecem para determinados modelos e por isso caso você erre ao informar o modelo pode deixar de declarar informações importantes. 

Para você evitar isso é bom conferir os modelos antes de enviar a sua EFD. 

Códigos de CFOP e CST errados

Na hora de declarar é normal ter dúvidas até porque há uma grande variedade de códigos de CFOP e CST, mas como já explicamos é bom estar atento antes de declarar e não informar códigos incorretos para a operação que está sendo declarada. 

Para evitar esse tipo de erro tire dúvidas com a sua consultoria ou outro colega mais experiente. 

NCM incorretas 

O que é NCM? esta sigla significa Nomenclatura Comum do Mercosul, ela é primordial para quem vende e para quem compra. 

O mesmo é muito importante para a determinação do IPI, da apuração de tributos na importação e exportação, Pis e Cofins e ICMS. 

Portanto a classificação precisa ser analisada, o emitente é responsável por esta análise, pois, ele conhece melhor o item que está vendendo. 

Quando a escrituração for feita sob a NCM corretamente classificada, é preciso usar os percentuais de alíquotas vigentes para essa mercadoria. 

Qual a relação entre a base de cálculo e as alíquotas dos tributos? 

Geralmente quando os valores saem divergentes da multiplicação da base de cálculo e alíquota, na maioria das vezes é um erro que é apontado pelo PVA.

O ideal é ter uma forma de conferência dessa multiplicação antes mesmo de gerar o arquivo para envio ao PVA.

Alíquota declarada

É necessário ter muito cuidado com a alíquota informada, principalmente se tratando no ICMS. 

Designed by @pressfoto / freepik
Designed by @pressfoto / freepik

Supondo que você use uma alíquota menor que a dívida em uma operação de entrada, automaticamente estará aproveitando menor crédito, se for o mesmo caso na venda estará recolhendo o imposto a menor, por exemplo. 

Fique sempre atento em qual alíquota deve ser usada em cada operação. 

Notas eletrônicas com dados incompletos

Toda a equipe responsável por elaborar e entregar tais obrigações acessórias precisa estar atento se os dados estão sendo declarados sem nenhuma omissão. 

Para que não haja erro, esta nota deve ser declarada e conter todos os seus dados, desde os relacionados a tributação, até relacionados aos fretes. 

Deixar o envio para a última hora

É preciso ter tempo para validar, conferir e transmitir as informações da EFD, não é interessante deixar esse envio próximo da data final de entrega, sempre que for necessário tente enviar com tempo. 

Não declarar as notas inutilizadas e canceladas

É muito importante declarar todos os documentos fiscais de venda e com isso mesmo as notas canceladas e inutilizadas é necessário ser declaradas.

Independente se essa nota foi realmente utilizada ou não, a sua numeração deve ser declarada, portanto faça sempre a conferência dos números das notas de saídas, confira se não falta algum  número. 

Acompanhar as mudanças do guias práticas da EFD-ICMS/IPI E EFD-Contribuições 

Acompanhar a atualização dessas mudanças é fundamental, caso contrário isso pode fazer com que você deixe de informar algum registro ou bloco novo. 

Cruzamento das declarações 

O contribuinte deve sempre estar atento a correspondência entre as declarações, confira se os dados estão coerentes e principalmente se na parte do ICMS, alguns estados disponibilizam manuais para que os contribuintes tenham uma  melhor  visão em relação aos dados, portanto é ideal estudar essas matérias quando eles existem. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira