Artigo: Implantação do PJe e os desafios para os profissionais que atuam com a Perícia Judicial


A implantação do Sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe) e os desafios para peritos judiciais e outros serviços de auxilio do Juízo será um dos temas apresentados durante o 5º Congresso Nacional de Perícias Judiciais (CONAPE). Instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução Nº 185, de 18/12/2013, com o objetivo de reduzir custos e tornar a tramitação dos processos no Poder Judiciário mais célere, o PJe já foi implantado por vários Tribunais. O objetivo é que a primeira e a segunda instâncias da Justiça brasileira utilizem este ambiente virtual como sistema de tramitação processual até o final de 2018. E como devem se preparar os profissionais que atuam nos serviços de auxílio do Juízo? A resposta para esta pergunta será apresentada pelo perito contador e Grafotécnico Sergio Henrique Miranda de Sousa, do Paraná.

O especialista lembra que hoje em alguns Tribunais de Justiça do Estado, como o do Paraná e de Santa Catarina, e também em Tribunais da Justiça Federal em vários Estados, os Sistemas de Processo Eletrônico já estão consolidados, porém em alguns Estados, como São Paulo, o sistema ainda deixa a desejar.

“Apesar da modernidade verificada na Justiça Estadual e do Trabalho, São Paulo ainda não tem bons sistemas. Os desafios são grandes. E a perícia e demais serviços de auxilio do Juízo precisam se adaptar a este ambiente virtual de trabalho. Quem não se adaptar, ficará fora do mercado”, comenta Sousa. Segundo o especialista, é essencial conhecer os sistemas, ter bons computadores e programas, e que toda equipe profissional possa trabalhar com segurança e eficiência.

Sousa ressalta que participou das versões anteriores do CONAPE, evento que considera o melhor congresso da área nas Américas, pois já participou de eventos semelhantes em outros países. “A participação no CONAPE para os profissionais da área é essencial, pois permite a aquisição de novos conhecimentos e a troca de experiências”, diz.

Programação abrangente

Com uma programação abrangente, que inclui palestras e painéis de debates que contemplam relevantes temas voltados para os profissionais que atuam em Perícias Judiciais, Extrajudiciais, Arbitragens e Mediações, o 5º Congresso Nacional de Perícias Judiciais (CONAPE) será realizado nos dias 3 e 4 de novembro, no Hotel Rio Othon Palace, em Copacabana, na capital fluminense.

O tema do evento é “A Perícia Judicial e Arbitragem no momento atual e o desafio do futuro” e as inscrições estão abertas. “As palestras e painéis têm como objetivo atualizar o profissional, principalmente no que se refere ao novo Código de Processo Civil, que entra em vigor em 2016, ficando assim o participante do evento mais preparado para o exercício de suas atividades”, explica Jarbas Barsanti, presidente da Comissão Organizadora do Congresso.

No encontro, além das palestras e painéis de debates, será realizada a entrega do Prêmio Contador Hugo Rocha Braga. Tendo como público alvo professores e alunos de cursos de graduação e pós-graduação em Ciências Contábeis, e contabilistas com registro regular no Conselho Regional de Contabilidade, o Prêmio é oferecido pela Associação dos Peritos Judiciais do Estado do Rio de Janeiro (APJERJ).

Maiores informações sobre o 5º CONAPE e inscrições no site do evento: www.congressoconape.com.

[useful_banner_manager banners=7 count=1]

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios