A partir de 2025, os robôs farão mais atividades profissionais correntes do que o ser humano, afirma um relatório do Fórum Econômico Mundial. Entretanto o relatório também mostra um dado surpreendente.

Os robôs não tirarão a vaga dos humanos. A revolução criará cerca de 60 milhões de novas vagas de emprego durante os próximos 5 anos.

Em 2025, mais da metade de todas as tarefas realizadas nos locais de trabalho serão feitas por máquinas, contra 29% atualmente, afirmou os pesquisadores da instituição. Alguns setores terão grande perca de vagas, como contabilidade, secretariado e centros de atendimento ao cliente.

O relatório prevê que 75 milhões de vagas nestes setores serão desocupadas.

Entretanto, os pesquisadores preveem a criação de mais de 133 milhões de vagas de trabalho relacionados a inteligência artificial, tratamento de dados, softwares e marketing. Outras indústrias, como dos setores de aeronáutica, turismo terão a maior necessidade de reciclagem.

O estudo apurou as informações após entrevistar 12 setores de 20 economias globais emergentes e desenvolvidas. O estudo complementa informando que existira mudanças importantes na qualidade, formato e permanência nas funções em poucos anos, mas que as consequências reais para os trabalhadores são difíceis de se prever.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.