Em decorrência da pandemia ocasionada pela Covid-19, os Governos estaduais e municipais postergaram o prazo de recolhimento de tributos para microempreendedores individuais (MEI), empresas optantes do Regime do Simples Nacional e, em alguns estados e municípios, das empresas enquadradas no Regime Normal de apuração, bem como outras medidas que foram implantadas.

O recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto Sobre Serviço (ISS) foi adiado por três meses. Os prazos de março, abril e maio passaram para 20 de julho, 20 de agosto e 21 de setembro, respectivamente. Já para o MEI, os prazos de recolhimento das competências março, abril e maio, foram alongados por seis meses, tendo como datas limite 20 de outubro, 20 de novembro e 20 de dezembro, respectivamente.

Para facilitar a informação às empresas, a IOB, marca referência nas áreas contábil, fiscal, tributária e trabalhista, montou um guia com as principais mudanças. Confira.

MEI
MEI
MEI

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: O primeiro passo para contadores Curso sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber. 

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. 

Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? 

Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Para obter informações atualizadas diariamente, as empresas podem contar com o IOB Online e acessar o conteúdo detalhado sobre o adiamento de obrigações e tributos para todas as esferas.

Uma marca nova e independente, ao³ nasceu para potencializar negócios de micro, pequenas e médias empresas.