Manter uma empresa exige o cumprimento de uma série de obrigações legais. Qualquer irregularidade, tanto em documentos fiscais como em práticas adotadas pela organização podem causar sérios problemas, que resultam em multas excessivas e até mesmo a descontinuidade da empresa. O controle das operações é responsabilidade do empresário e o acompanhamento da auditoria contábil ajuda a fundamentar e apoiar esse processo.

Além de auxiliar na prevenção de problemas, a atuação da auditoria permite que o gestor conheça profundamente a real situação de seu negócio. Dessa forma, é possível atuar na prevenção de problemas, garantindo que o negócio seja administrado com mais segurança. Acompanhe o nosso post e saiba mais sobre o assunto.

O que é uma auditoria contábil?

A auditoria contábil é uma atividade que avalia a situação da empresa, tanto relacionada as transações, procedimentos, revisões de controle interno e das demonstração financeiras, bem como dos documentos contábeis, avaliando se existem falhas nos registros a fim de evitar situações que facilitem fraudes. Além disso, traz segurança para a gestão financeira do negócio, pois apresenta a realidade aos seus gestores, permitindo que se antecipem a possíveis problemas. As demonstrações auditadas são:

Qual o objetivo principal?

A partir da análise dos documentos contábeis e inspeções internas e externas, é feito o comparativo dos resultados com a situação econômica, financeira e patrimonial da empresa. O resultado tem objetivos diferentes dependendo da área da empresa. Conheça:

  • administrativa: procura reduzir a ineficiência, a negligência, a incapacidade e a improbidade;
  • patrimonial: age no controle de bens, direitos e obrigações;
  • fiscal: contribui para que as obrigações fiscais sejam cumpridas de maneira rigorosa;
  • técnica: busca cumprir com eficiência os serviços contábeis;
  • financeira: protege contra fraudes e proporciona o controle de custos e despesas;
  • econômica: traz exatidão aos resultados contábeis;
  • ética: cuida para que os processos ocorram conforme os princípios éticos e morais;
  • social: no caso das empresas que financiam causas sociais e ambientais, a auditoria analisa se os recursos estão sendo aplicados de forma correta, garantindo que os dados sejam seguros e confiáveis.

Quando fazer uma auditoria na empresa?

Embora a auditoria contábil seja um procedimento que traz benefícios para a empresa, cabe ao empreendedor avaliar quando contratar uma empresa especializada em realizar o processo. É importante ter em mente que a ação oferece pleno controle das operações e contribui para que a empresa se antecipe a problemas. Portanto, o indicado é que a auditoria seja feita com certa regularidade.

Uma empresa de contabilidade terceirizada pode indicar a periodicidade ideal para o negócio, já que essa decisão também depende do porte e da natureza das atividades. Sem contar que, para quem é responsável por um empreendimento, conhecer a real situação financeira é sempre um ponto bastante positivo.

O que analisar?

Ao contratar um processo de auditoria em uma empresa é preciso ter em mente que a realização é determinada pelas Normas Brasileiras de Contabilidade. O processo deve se dividir em 6 etapas de análise:

  1. pesquisa ambiental;
  2. controle interno;
  3. planejamento e auditoria;
  4. teste de controle;
  5. teste substantivo;
  6. parecer do auditor.

Sendo assim, na primeira etapa temos o recolhimento das informações e documentos sobre a empresa. Nesse momento haverá o controle interno, em que o controle contábil será documentado. Depois, as informações preliminares serão transformadas em estratégias que revelem maior transparência aos controles contábeis. 

O teste de controle é aplicado em seguida, cujo principal objetivo é conferir se as formas regulamentadoras estão sendo cumpridas, enquanto o teste substantivo avalia se os valores e informações são reais ou se há fraudes.

Após o cumprimento de todas essas fases é redigido um relatório com o parecer do auditor, respeitando as normas de contabilidade. Além do resultado da análise, também deve constar a sugestão de medidas a serem adotadas para os possíveis problemas revelados na auditoria.

Quais os benefícios?

Como mencionamos ao longo do texto, a auditoria contábil expõe com clareza, precisão e segurança a situação financeira e econômica da empresa. Além disso, dificulta a possibilidade de desvio de bens e pagamentos de despesas indevidas.

Quando a empresa realiza a auditoria, ela aumenta a sua credibilidade, já que os processos contábeis vão começar a ser influenciados por padrões internacionais. Com o aumento do controle interno, fica mais fácil identificar as falhas administrativas. A tendência, então, é que a gestão seja realizada com excelência.

Todo esse conjunto de facilidades leva a atração de novos investidores. Como os documentos estarão mais bem organizados e as informações validadas pela auditoria, haverá segurança para aplicar recursos na empresa.

Por que utilizar os processos adequados?

Não podemos negar que, durante a auditoria contábil, a empresa pode descobrir falhas e fraudes no seu controle interno. Como o que determina a diferença entre erro ou fraude é a intenção em adulterar as informações dos documentos contábeis, é fundamental que a empresa aplique as metodologias certas para realizar a auditoria. Caso contrário, as informações acessadas podem não ser reais e os benefícios descritos neste artigo não poderão ser desfrutados ou sentidos de maneira real e com a eficiência esperada.

Dito isso, é importante salientar que qualquer empresa pode – e deve – realizar a auditoria, desde que contrate um profissional formado em Ciências Contábeis e com o registro do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) em dia.

Lembre-se sempre de que a auditoria pode confirmar situações que exigem uma postura mais firme perante o negócio, principalmente se for uma sociedade. Portanto, é preciso que seja realizada com o máximo de profissionalismo, discrição e neutralidade.

papel do empreendedor nesse processo é acompanhar tudo de perto e disponibilizar os dados solicitados. Mesmo que a empresa tenha um contador, a auditoria deve ser feita integralmente e de maneira restrita pelo auditor. Ou seja, o profissional deve ter autonomia no trabalho e ser imparcial.

Além de tudo o que foi ressaltado durante este post, a auditoria contábil é vantajosa para a sociedade. O levantamento e registro dos dados avaliados durante o processo contribui para que a evolução da economia do país seja medida de maneira segura e de acordo com a realidade.



DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos.

Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, curso este aprovado por inúmeros alunos e que vem gerando uma revolução no conhecimento e na carreira de profissionais contábeis. 

O curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber. Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!



Conteúdo original Syhus

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.