Auditoria Contábil x Auditoria Financeira – Conheça suas funções e quais as suas vantagens

Do latim audire (ouvir), a Auditoria é um processo sistemático para examinar as atividades desenvolvidas por uma empresa. Seu objetivo é o de analisar se tudo o que foi planejado nas normas está de acordo com o praticado. Com isso é possível obter evidências que comprovem a eficácia e a adequação das atividades desenvolvidas pela empresa.

Se no latim a palavra significa ouvir, foi a língua inglesa que deu o significado que conhecemos hoje para o verbo Auditar, ou seja: examinar, analisar, corrigir e certificar.

A Auditoria pode ser Interna – cujo objetivo é atender as necessidades da administração – e Externa – com a função de atestar ao mercado que a empresa segue fielmente as boas práticas da governança corporativa.

A Auditoria é originária da área financeira, mas hoje em dia qualquer departamento ou negócio pode ser auditado, afinal, ela é uma ferramenta importantíssima para controlar as atividades de uma organização. Assim, temos diversos tipos de Auditoria, como por exemplo:

  • Auditoria Ambiental
  • Auditoria Fiscal e Tributária
  • Auditoria Operacional
  • Auditoria na Saúde
  • Auditoria Contábil
  • Auditoria Financeira

Para este artigo, nosso foco será nos dois últimos tipos. Então, vamos entender melhor cada um para melhor analisar a dupla Auditoria Contábil x Auditoria Financeira.

O que é a Auditoria Contábil?

Como o nome sugere, a Auditoria Contábil analisa documentos contábeis. Seu objetivo é o de validar os saldos contábeis, ou seja, verificar se a conta das demonstrações contábeis fecha com as situações patrimonial, econômica e financeira da organização. Ela utiliza de técnicas e procedimentos para apurar a exatidão dos registros contábeis e também para avaliar os controles internos da empresa auditada.

Em uma Auditoria Contábil o Auditor analisa os saldos do fechamento do exercício anterior e confronta com os saldos disponíveis na abertura do exercício a ser auditado. A preocupação com a realização desse procedimento é a de evitar possíveis distorções, erros e fraudes, além de prevenir irregularidades.

Empresas que possuem a prática da Auditoria Contábil como uma constante tendem a possuir informações mais transparentes, concretas e seguras sobre sua situação financeira, estando aptas a identificarem possíveis falhas no controle interno corporativo e no sistema financeiro.

Além de analisar os dados, em uma Auditoria Contábil é identificada a ocorrência de fatos que comprometem a empresa em seu patrimônio – através dos exames de registros contábeis nos eventos que alterem a representação de um certo patrimônio. O conjunto de elementos que controlam esses patrimônios são o objeto da Auditoria Contábil.

Aqui no Brasil, a NBC TA 300 é a norma que trata da responsabilidade do auditor no planejamento da auditoria das demonstrações contábeis.

Em tempo: futuros aplicadores de recursos utilizam as demonstrações contábeis para análise de viabilidade de investimentos. Esse é mais um dos motivos da importância de se realizar auditoria contábil em sua empresa!

Benefícios da Auditoria Contábil

Como você deve imaginar, existem vários benefícios ao se realizar uma Auditoria Contábil. Dentre eles está a fiscalização da eficiência dos controles internos da empresa, desse modo garantindo que registros contábeis estejam alinhados com a realidade do negócio.

Com registros fiéis à situação da organização, tanto sócios quanto acionistas sentem-se mais seguros, pois passam a ter informações concretas e muito mais detalhadas. Assim, podemos dizer que a Auditoria Contábil faz com que sejam obtidos melhores dados sobre a verdadeira situação patrimonial, econômica e financeira da auditada.

À lista podemos acrescentar que com a Auditoria Contábil ficam mais difíceis os possíveis desvios de bens patrimoniais e pagamentos indevidos de despesas. Adicionalmente, temos os benefícios:

  • Identificar falhas na administração e nos controles internos;
  • Opinar sobre a adequação das demonstrações contábeis;
  • Ajustar processos contábeis a padrões internacionais (aumentando a credibilidade da empresa);
  • Contribuir para uma maior observância das leis fiscais. 

    Além da própria empresa auditada, a sociedade como um todo também percebe os benefícios da Auditoria Contábil. E isso é fácil de entender, já que ela assegura a veracidade das informações, o que está ligado com a garantia de empregos e com a tranquilidade da empresa de uma maneira geral.

    Ainda no âmbito da sociedade, com a Auditoria Contábil (por meio de demonstrações contábeis) é possível termos a informação do grau de solidez e da evolução da economia nacional.

    Limitações da Auditoria Contábil

    Você já entendeu que a Auditoria Contábil é um instrumento indispensável para o controle organizacional. Agora, o que você também deve saber é que tudo nessa vida tem suas falhas e disso nem a Auditoria Contábil escapa.

    Talvez sua maior limitação seja quando são encontradas inconsistências de caráter não contábil, ou seja, quando além do controle patrimonial acaba abrangendo outras áreas, como por exemplo, a manufatura.

    Explicando melhor: imagine que uma auditoria na área de custos encontre anomalias ao confrontar custos-padrão com custos reais. A Auditoria Contábil não consegue detectar se o problema é decorrente de um projeto de baixa qualidade ou devido à regulagem deficiente de máquinas. Esse tipo de investigação foge da alçada da Auditoria Contábil.

    O que é a Auditoria Financeira?

    Auditoria Financeira tem, entre seus objetivos, a preocupação em certificar que os valores físicos existentes estão de acordo com os saldos registrados nos extratos bancários, nos registros contábeis e no boletim de caixa.

    É também de responsabilidade da Auditoria Financeira verificar se o dinheiro da empresa está sendo aplicado da maneira que deveria e se os controles internos do departamento financeiro são eficazes em evitar fraudes e irregularidades. Isso porque a Auditoria Financeira tem a preocupação de aumentar o grau de confiança nas demonstrações por parte dos usuários.

    Na Auditoria Financeira são mapeados todos os processos do departamento, tais como: transferências bancárias, pagamento de fornecedores, conciliações, etc.

    Benefícios da Auditoria Financeira

    Assim como em uma Auditoria Contábil, os objetivos de realização da Auditoria Financeira são diversos. Dentre eles está a certificação de que os saldos registrados correspondem aos valores físicos existentes, bem como de que os valores disponíveis no banco, no caixa e em aplicações são utilizados de maneira correta.

    A Auditoria Financeira também certifica-se de que saldos contábeis e controles internos relacionados aos fornecedores e clientes a receber refletem a posição real dos títulos em aberto. Além disso, podemos citar como benefícios da Auditoria Financeira:

  • Fiscalização da eficiência dos controle;
  • Apontamento de falhas na administração da empresa e nos controles internos;
  • Dificultar desvios de bens patrimoniais e pagamentos indevidos de despesas;
  • Contribuição para maior observância das leis fiscais e para obtenção de melhores informações sobre a real situação econômica, patrimonial e financeira da auditada;
  • Certificação dos controles internos existentes no departamento financeiro, a fim de averiguar se os mesmo proporcionam segurança suficiente que reduzem ou evitem a possibilidade de fraudes e irregularidades.

Como podemos ver, uma Auditoria Financeira beneficia diferentes partes. Para os funcionários de uma empresa, ela fornece uma confirmação externa da saúde financeira da organização. Para os acionistas, a Auditoria Financeira é um meio crítico de estabelecer o valor da empresa.

Para a comunidade empresarial, auditorias regulares reforçam a reputação da empresa e fazem com que ela seja vista como um parceiro de negócios desejável. Já para os credores, a Auditoria Financeira é um prerrequisito para quase qualquer tipo de empréstimo.

Limitações da Auditoria Financeira

Na maioria das circunstâncias, as vantagens de uma auditoria (e aqui falamos de auditoria de quaisquer tipos) superam em muito qualquer desvantagem, razão pela qual a maioria das empresas realizam auditorias regularmente.

Especificamente sobre a Auditoria Financeira, é importante esclarecer que uma auditoria não garante que a empresa terá sucesso no futuro. Ela apenas aponta a condição representada no momento da auditoria.

Um problema para os acionistas – e outros que confiam em auditorias para identificar o status financeiro de uma empresa – é a possibilidade de ter uma auditoria fraudulenta preparada por um auditor conivente.

Um exemplo foi o que aconteceu em 1998 com a Waste Management. Na ocasião, a empresa reportou US$ 1,7 bilhão em ganhos imaginários. O relatório de auditoria era fraudulento, em grande parte porque os gerentes seniores eram desonestos.

Claro que não é o caso de sua empresa, mas isso só reforça a importância de ter pessoas/empresas confiáveis realizando e controlando as auditorias.

Auditoria Contábil x Auditoria Financeira

Se você for fazer uma pesquisa sobre Auditoria Contábil x Auditoria Financeira verá que muitos autores tratam ambas como se fossem a mesma coisa. Uma parte disso explica-se pelo fato de que ao falarmos de Fiscalização Contábil dizemos que quando as técnicas contábeis são corretamente aplicadas isso acabará englobando a Fiscalização Financeira também.

No entanto, para este artigo trabalhamos com a seguinte noção:

  • Auditoria Contábil diz respeito à avaliação da adequação das demonstrações contábeis;
  • Auditoria Financeira é a avaliação dos controles financeiros da empresa (tanto contábeis quanto operacionais).

Assim, em Auditoria Contábil x Auditoria Financeira existe uma certa diferença, mas ambas andam de mãos dadas, não é mesmo?

Concluindo

A Auditoria tem o objetivo de analisar se tudo que foi planejado nas normas está de acordo com o praticado. Este processo sistemático para examinar as atividades desenvolvidas por uma empresa não é algo que todos amam (auditorias costumam gerar stress entre os colaboradores), mas colocando em uma balança seus benefícios são mais fortes.

A auditoria pode parecer algo invasivo à primeira vista para quem está iniciando no tema, mas seus benefícios são diversos. Tanto que praticamente qualquer empresa em estágios de maturidade mais avançados de gestão adotam esta prática.

Via Treasy

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.