Aumentos da gasolina causam demissão do presidente da Petrobras

Fernando Borges, diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, foi nomeado pelo Conselho de Administração como novo presidente interino

Os aumentos recentes no combustível acabaram gerando críticas por parte do Presidente da República Jair Bolsonaro (PL), do Senado, Rodrigo Pacheco e da Câmara Federal, Arthur Lira. 

Tais críticas acabaram custando o cargo de José Mauro Coelho, que nesta segunda-feira (20) pediu demissão do cargo de presidente da empresa e renunciou ao cargo de membro do Conselho de Administração da estatal. O presidente interino é escolhido entre os diretores da empresa no caso de renúncia.

De acordo com o Portal Uol, Fernando Borges, diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, foi nomeado pelo Conselho de Administração como novo presidente interino até a eleição e posse do novo comandante da empresa.

Os aumentos

A gasolina está sendo uma dor de cabeça para os motoristas, isso porque após o último reajuste, o preço do combustível tem custado em alguns estados, R$ 8,29, o litro, nos postos. Desde sábado (18), a gasolina tem variação de R$ 0,15, o litro, e o diesel aumento de R$ 0,63.

Deve acontecer um aumento de até R$ 0,30 no valor final da gasolina, podendo chegar a R$ 8,29 no Piauí, conforme informou o Sindicato dos Postos Revendedores de Combustíveis do Estado do Piauí (Sindipostos-PI).

Em Florianópolis, o preço da gasolina deve subir para R$ 7,49, em média, na capital catarinense. Segundo informou o Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis (Sindópolis). 

Os paranaenses também vão pagar mais caro pela gasolina. Lá o valor deve chegar a R$ 7,41, conforme informou o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná (Paranapetro).

Na sexta-feira (17), a Petrobras anunciou o quarto aumento no diesel e o terceiro na gasolina para distribuidoras somente em 2022. A gasolina subiu 5,18%, o litro, e o diesel 14,26%. O valor médio de venda da gasolina para as distribuidoras passou de R$ 3,86 para R$ 4,06, o litro, e o diesel de R$ 4,91 para R$ 5,61, o litro.

CPI

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), disse na sexta-feira (17), em uma entrevista à rádio 96 FM de Natal, que iria propor a abertura de uma CPI para investigar a Petrobras.

“Nossa ideia é propor uma CPI para investigar a Petrobras, seus diretores e os membros do Conselho. Queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque não é possível se conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes”.

Comentários estão fechados.