Auxílio Brasil bloqueado? Saiba o que fazer

Saiba o que fazer se teve o Auxílio Brasil bloqueado e como resolver

Mais de 64 mil famílias participantes do programa tiveram um surpresa no mês de janeiro. Pois de acordo com o Ministério da Cidadania, todas essas famílias tiveram parcela do Auxílio Brasil bloqueada neste mês.

Isso vem causando um grande alvoroço nas redes sociais e na internet, se você está nesta lista vamos te falar os motivos e como resolver.

Por que meu auxílio foi bloqueado?

De acordo com o Ministério da Cidadania o auxílio Brasil de muitas famílias foram bloqueados por informações inconsistentes no cadastro. Como foi avisado desde que o programa foi criado um dos requisitos para receber o benefício, é manter seus dados cadastrais no CadÚnico atualizados.

Então seu beneficio pode ser bloqueado pelos seguinte motivos:

  • Desatualização no CadÚnico (Cadastro Único): É preciso manter todas as informações sobre quem são os membros da família, além de informar a renda, moradia e escolaridade, o que pode ser feito a cada dois anos ou quando houver alguma alteração;

Para se candidatar ao Programa, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos, além de atender aos critérios de renda e condicionalidades do programa.

  • Ultrapassar o limite de renda: Porque para fazer parte do programa é preciso ter uma renda familiar dentro das regras da situação de extrema pobreza e de pobreza.

Para as famílias em situação de pobreza é necessário que apresentem, em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00 (cento e cinco reais). As famílias pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 100,01 (cem reais e um centavo) a R$ 200,00 (duzentos reais).

Como saber se meu cadastro está atualizados?

E para consultar se seu cadastro está atualizado basta acessar o site ou aplicativo Meu CadÚnico e informe os seguintes dados: nome completo; data de nascimento; nome da mãe; e município e estado onde reside.

Depois, clique em “emitir certidão”. Se você observar que seus dados estão desatualizados, você terá que ir até o CRAS. Lá você fará a atualização, não se esqueça de levar os seguintes documentos:

  • CPF
  • RG
  • Título de Eleitor
  • Certidões de nascimento ou óbito
  • Comprovante de endereço
  • Carteira de trabalho
  • Comprovante de matrícula escolar de crianças e adolescentes menores de 21 anos
  • Família indígena: apresentar o Registro de Nascimento Indígena (RANI). 

Mas se caso você tenha recebido a seguinte mensagem: “Benefício bloqueado para crédito do benefício em sua conta” quer dizer que o dinheiro não foi liberado pelo governo e ainda será enviado para a conta poupança digital e, em breve, estará disponível para o saque.

Por isso você deverá aguardar até a data prevista no calendário para receber o benefício, então acompanhe as datas de pagamento por meio do dígito final do NIS (Número de Identificação Social) e confira o pagamento pelo aplicativo Caixa Tem, onde é possível fazer pagamentos, saques e transferências. 

Comentários estão fechados.