Auxílio Brasil: conheça os benefícios que serão oferecidos

O Auxílio Brasil ainda não tem um valor definido

O Auxílio Brasil está programado para ser liberado a partir de novembro de 2021, logo após o encerramento do pagamento do Auxílio Emergencial. O benefício irá substituir o Bolsa Família. A única dúvida está em relação ao valor, já que o presidente Jair Bolsonaro trabalha com duas alternativas R$ 300 ou R$ 400.

O ministro da Cidadania, João Roma garantiu que o novo valor será divulgado ainda este mês.

Benefícios do Auxílio Brasil

  • Primeira infância que será destinada às famílias com jovens de até 21 anos de idade
  • Benefício Composição Familiar para as famílias com gestantes ou com integrantes de três a 21 anos incompletos. Integrantes de 18 a 21 anos precisam estar matriculados no ensino básico.
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza para as famílias com renda familiar mensal per capita, calculada após o acréscimo dos benefícios financeiros anteriores, igual ou inferior ao valor da linha de extrema pobreza.
  • Auxílio Esporte Escolar destinado para estudantes (entre 12 e 18 anos incompletos) de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior para estudantes de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil que se destacarem em competições acadêmicas e científicas nacionais.
  • Auxílio Criança Cidadã para o responsável de família beneficiária do Auxílio Brasil, com criança de 0 a 48 meses incompletos, que tenha conseguido fonte de renda, mas não encontre vaga em creches públicas ou privadas conveniadas.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural para agricultores familiares inscritos no Cadastro Único.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana para os beneficiários do Programa Auxílio Brasil que comprovarem vínculo de emprego formal.
  • Benefício Compensatório de Transição para as famílias beneficiárias do Bolsa Família que tiverem redução no valor recebido após o enquadramento no Auxílio Brasil, que será concedido na implementação do Auxílio Brasil e mantido até que haja revisão da elegibilidade e do valor.

Também deverá ser implementada medidas antecipatórias e de microcrédito. Para quem tiver aumento de renda per capita que ultrapasse o limite de inclusão no Auxílio Brasil será mantido na folha de pagamento por mais 24 meses. Esta regra está sendo chamada de Regra de Emancipação.

Comentários estão fechados.