Auxílio Brasil contará com empréstimo consignado? 

Se confirmado, beneficiários do Auxílio Brasil poderão solicitar empréstimos com baixos juros mensais. 

Empréstimos consignados são aqueles cuja dívida é descontada diretamente do salário ou benefício do cliente. Desta maneira, o contratante coloca sua renda fixa como garantia de que o débito será pago. 

Sendo assim, esta categoria de empréstimo oferece um baixo risco de inadimplência, permitindo que instituições financeiras ofereçam boas condições de crédito para o cliente, como uma taxa de juros bem menor, quando comparada a outras ofertas do mercado. 

Vale lembrar que o Auxílio Brasil trata-se do programa liberado como um substituo do extinto Bolsa Família. O benefício neste mês de janeiro deve contemplar cerca de 17 milhões de beneficiários, com pagamentos no valor de R$ 400. Tem direito ao benefício famílias em pobreza ou extrema pobreza inscritas no Cadastro Único (Cadúnico) para programas socias.

Empréstimo consignado no Auxílio Brasil

Conforme seção da Medida Provisória 1.061/21, contemplados do Auxílio Brasil podem comprometer parte do valor recebido do benefício, para contratação de um microcrédito consignado junto a uma instituição que trabalha com este tipo de empréstimo.

O Governo Federal já manifestou o desejo de liberar a novidade o mais rápido possível, todavia, ainda é preciso estabelecer detalhes como: quais benefícios do Auxílio Brasil serão elegíveis, valor de encargos cobrados em custos operacionais e qual será a margem consignável. 

Em relação à margem consignável, esta nada mais é que o percentual do benefício que poderá ser comprometido na contratação do empréstimo. Neste sentido, ainda não se sabe o quanto do valor do Auxílio Brasil poderá ser utilizado. 

No entanto, a categoria de consignados, por lei, é disponibilizada a servidores públicos ou aposentados e pensionista do INSS, nos seguintes moldes: 

  • É permitido utilizar 35% do salário ou benefício do contratante, no consignado; 
  • 30% é liberado  para o empréstimo e 5% para o cartão de crédito. 

Calendário de pagamentos do Auxílio Brasil

Por fim, confira o calendário de depósitos do programa já estabelecido pelo governo. Os moldes do cronograma de pagamentos do Auxílio Brasil seguem os mesmos adotados no antigo Bolsa Família, de modo que os beneficiários permanecem recebendo conforme o final do Número de Identificação Social (NIS).

Final do NISData do depósito 
118 de janeiro 
219 de janeiro 
320 de janeiro 
421 de janeiro 
524 de janeiro 
625 de janeiro 
726 de janeiro 
827 de janeiro 
928 de janeiro 
031 de janeiro 

Comentários estão fechados.