Auxílio Brasil de R$ 600 será liberado nesta segunda-feira?

Com a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC dos Auxílios, o Auxílio Brasil passou a ter um novo valor, passando de R$ 400 para R$ 600

O Auxílio Brasil terá um novo valor que passará de R$ 400 para R$ 600, no entanto, o novo valor só começará a ser pago a partir de agosto. Isso significa, que nesta segunda-feira (18) quando começa uma nova rodada de pagamento do benefício, os usuários ainda irão receber o valor médio de R$ 400,00.

Com a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC dos Auxílios, o Auxílio Brasil passou a ter um novo valor, passando de R$ 400 para R$ 600. O novo valor começará a ser pago em agosto. Lembrando que a medida tem validade apenas para 2022.

A PEC também autorizou a inclusão de cerca de 1,7 milhão de famílias na folha de pagamento do benefício.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil?

Terão direito ao Auxílio Brasil, as famílias em situação de extrema pobreza que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105,00 (cento e cinco reais), e as em situação de pobreza com renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210,00 (cento e cinco reais e um centavo e duzentos e dez reais).

Quais os objetivos do programa?

De acordo com o governo, o Auxílio Brasil tem como objetivo promover a cidadania com garantia de renda e apoiar, por meio dos benefícios ofertados pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS), a articulação de políticas voltadas aos beneficiários;

  • Promover, prioritariamente, o desenvolvimento de crianças e adolescentes, por meio de apoio financeiro a gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes em situação de pobreza ou extrema pobreza;
  • Promover o desenvolvimento de crianças na primeira infância, com foco na saúde e nos estímulos a habilidades físicas, cognitivas, lingüísticas e socioafetivas, de acordo com o disposto na Lei nº 13.257, de 8 de março de 2016;
  • Ampliar a oferta do atendimento de crianças em creches;
  • Estimular crianças, adolescentes e jovens a terem desempenho científico e tecnológico de excelência; e
  • estimular a emancipação de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

Para ter mais informações sobre o Auxílio Brasil, basta fazer o download do Aplicativo do Auxílio Brasil e acompanhar informações sobre o Programa e a situação do seu benefício. O aplicativo está disponível para Android e iOS.

O que pode fazer a família deixar de receber o Auxílio Brasil?

O principal motivo que leva ao bloqueio do pagamento do Auxílio Brasil é o cadastro desatualizado da família no Cadúnico . A inscrição na base de dados do governo federal é fundamental para ter acesso ao novo programa, mas só ela não basta.

Por isso, é necessário que a cada dois anos, o Responsável Familiar (RF) faça a atualização dos dados da família.

O Ministério da Cidadania orienta que a família precisa ficar atenta a qualquer inconsistência nos dados informados no Cadastro Único que podem levar ao bloqueio do Auxílio Brasil. 

Se houver mudança de endereço, telefone de contato, modificação na renda familiar, nascimento ou morte de algum membro é necessário que o RF atualize as informações no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Outro detalhe, para continuar recebendo o benefício, o governo exige que a família cumpra o requisito de manter  a frequência escolar mínima ou manter a carteira de vacinação de crianças em dia. 

Calendário de pagamento do Auxílio Brasil – Julho de 2022

  • NIS 1 – Recebe dia 18 de julho;
  • NIS 2 – Recebe dia 19 de julho;
  • NIS 3 – Recebe dia 20 de julho;
  • NIS 4 – Recebe dia 21 de julho;
  • NIS 5 – Recebe dia 22 de julho;
  • NIS 6 – Recebe dia 25 de julho;
  • NIS 7 – Recebe dia 26 de julho;
  • NIS 8 – Recebe dia 27 de julho;
  • NIS 9 – Recebe dia 28 de julho;
  • NIS 0 – Recebe dia 30 de julho.

Comentários estão fechados.